Descumprimento do acompanhamento de saúde pode gerar o cancelamento do Bolsa Família

Encerramento da segunda vigência em 31 de dezembro

Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) identificou que cerca de 49% dos beneficiários do Programa Bolsa Família em Feira de Santana não cumpriram com o acompanhamento obrigatório de saúde. Com o encerramento da segunda vigência em 31 de dezembro, a família que descumprir poderá ter seu benefício bloqueado ou suspenso.

O procedimento é importante para reforçar o acesso à direitos sociais, em especial, a saúde, como a atualização do calendário de vacinação, monitoramento do peso e altura das crianças menores de 7 anos, mulheres de 14 a 44 anos, e se for gestante deve realizar o acompanhamento das consultas de pré natal.

As famílias contempladas devem se identificar como beneficiárias ao agente comunitário de saúde de sua microárea ou comparecer na Unidade Básica de Saúde (UBS) ou a Unidade de Saúde da Família (USF) mais próxima de suas residências para o registro dos dados, assegurando assim a continuidade do benefício.

Para realizar o acompanhamento, os beneficiários devem comparecer munidos da Caderneta de Vacinação (para crianças e adultos), o Cartão da Gestante e o número do NIS (Cartão do Benefício).

Compartilhe

Deixe seu comentário