Copa do Brasil 2024: definidos os 85 clubes que disputarão torneio

Bahia, Jacuipense, Itabuna e Vitória representam estado

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Copa do Brasil de 2024 tem 85 equipes confirmadas para participar da competição. Vitória, campeão da Série B do Brasileiro, e Palmeiras, que está confirmado no G-6 da Série A do Brasileiro, garantiram vaga na terceira fase da competição nacional de forma direta. Agora, as equipes se juntam a São Paulo, Goiás, Fluminense e Ceará nesta fase da disputa.

Além disso, pelo arquirrival Palmeiras ter conquistado vaga na terceira fase, o Corinthians também vai disputar a competição. Isso depois da incerteza de disputa ou não do torneio por ter caído nas quartas de final do Campeonato Paulista.

Equipes classificadas diretas para 3ª fase da Copa do Brasil

• Vitória (Campeão da Série B)

• São Paulo (Campeão da Copa do Brasil)

• Fluminense (Campeão da Libertadores)

• Goiás (Campeão da Copa Verde)

• Ceará (Copa do Nordeste)

• Palmeiras (Vaga via G-6 do Brasileirão)

De acordo com o calendário base da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o torneio deve começar no dia 21 de fevereiro e vai até 10 de novembro.

Distribuição das vagas na Copa do Brasil 2024

1ª fase - 80 clubes classificados via competições estaduais

Entram na 3ª fase - os oito melhores do Campeonato Brasileiro, campeão da edição 2023, campeão da Série B, campeão da Copa do Nordeste e campeão da Copa Verde.

Clubes classificados para Copa do Brasil 2024

• Paraná: Athletico-PR, FC Cascavel, Maringá, Operário-PR e Coritiba;

• Rio Grande do Sul: Grêmio, Internacional, Ypiranga-RS, Caxias e São Luiz;

• Santa Catarina: Brusque, Criciúma e Campeão da Copa SC*.

• Espirito Santo: Real Noroeste e Nova Venécia;

• Minas Gerais: Atlético-MG, América-MG, Cruzeiro, Tombense e Athletic Club;

• Rio de Janeiro: Flamengo, Vasco, Volta Redonda, Audax-RJ, Olaria e Fluminense;

• São Paulo: São Bernardo, Corinthians, Ituano, Bragantino, Água Santa, Portuguesa Santista, Palmeiras e São Paulo;

• Distrito Federal: Real Brasília e Brasiliense;

• Goiás: Anápolis, Atlético-GO, Aparecidense e Goiás;

• Mato Grosso: União Rondonópolis, Cuiabá e Operário VG;

• Mato Grosso do Sul: Operário-MS e Costa Rica.

• Alagoas: ASA, CRB e Murici;

• Bahia: Bahia, Jacuipense, Itabuna e Vitória;

• Ceará: Fortaleza, Iguatu, Ferroviário e Ceará;

• Maranhão: Maranhão, Moto Club e Sampaio Corrêa;

• Paraíba: Sousa e Treze;

• Pernambuco: Sport, Retrô e Petrolina;

• Piauí: Fluminense-PI e River-PI;

• Rio Grande do Norte: América-RN e ABC;

• Sergipe: Itabaiana e Confiança.

• Acre: Rio Branco-AC e Humaitá;

• Amapá: Trem e Independente-AP;

• Amazonas: Amazonas e Manauara;

• Pará: Águia de Marabá, Remo e Paysandu;

• Rondônia: Porto Velho e Ji-Paraná;

• Roraima: São Raimundo-RR e GAS-RR;

• Tocantins: Capital-TO e Tocantinópolis.

Premiação

Em 2023, a CBF aumentou as cotas de participação e premiação para as equipes da Copa do Brasil. O valor das quantias distribuídas seguem também o ranking de clubes da entidade.

• Primeira fase: R$ 1,4 milhão (Série A), R$ 1,25 milhão (Série B) e R$ 750 mil (demais clubes)

• Segunda fase: R$ 1,7 milhão (Série A), R$ 1,4 milhão (Série B), R$ 900 mil (demais clubes)

• Terceira fase: R$ 2,1 milhões

• Oitavas de final: R$ 3,3 milhões

• Quartas de final: R$ 4,3 milhões

• Semifinais: R$ 9 milhões

• Vice-campeão: R$ 30 milhões

• Campeão: R$ 70 milhões

Em 2023, São Paulo e Flamengo decidiram o título da Copa do Brasil. No Morumbi, o Tricolor sagrou-se campeão da competição após o empate, por 1 a 1, na partida de volta.

SUFOTUR - SÃO JOÃO 2024

Compartilhe

Deixe seu comentário