Bahia sofre virada nos minutos finais e perde para o Santos na Arena Fonte Nova

Com o resultado, o time baiano segue no 15º lugar na tabela de classificação com 25 pontos, um a mais da zona de rebaixamento, aberta justamente pelo Peixe, que ocupa o 17º.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Bahia não aproveitou o fato de jogar na Arena Fonte Nova contra um adversário em crise para ampliar a vantagem sobre a zona de rebaixamento. O Tricolor foi derrotado pelo Santos por 2 a 1, de virada, na noite desta segunda-feira (18), na abertura da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols no segundo tempo, Cándido abriu o placar para o time baiano, mas Marcos Leonardo e Julio Furch marcaram para o Peixe.

Com o resultado, o time baiano segue no 15º lugar na tabela de classificação com 25 pontos, um a mais da zona de rebaixamento, aberta justamente pelo Peixe, que ocupa o 17º.

Agora, o Bahia terá uma folga na tabela de 12 dias e volta ao gramado somente no próximo dia 30, no outro sábado, na visita ao Flamengo, no Maracanã. A partida está marcada para começar às 16h e é válida pela 25ª rodada do Brasileirão.

Com segundos de bola rolando, Marcos Leonardo recebeu lançamento na frente da marcação, finalizou e a bola bateu na trave esquerda de Marcos Felipe. Mas a equipe de arbitragem invalidou o lance apontando impedimento do atacante santista. O Peixe chegou novamente com perigo aos dois minutos. A defesa do Tricolor cochilou novamente, mas Marcos Felipe conseguiu fazer um corte providencial. No rebote, Soteldo bateu, mas a pelota acabou desviando e saiu pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Marcos Leonardo desviou e o goleiro da equipe baiana fez uma grande defesa. Na sequência, Lucas Lima finalizou, mas a redonda desviou e saiu pela linha de fundo. Na batida do tiro de canto, Marcos Leonardo cabeceou e acertou a trave novamente, mas dessa vez o árbitro Ramon Abatti Abel assinalou falta do ataque visitante na jogada.

Após a pressão santista, o Tricolor tentou responder aos seis minutos, através de jogada ensaiada na cobrança de falta. Ademir mandou a bola para área, Vitor Hugo desviou de cabeça, mas mandou para direto para fora. Dois minutos depois, a torcida do time baiano pediu pênalti na jogada de Thaciano. O meia foi lançado por Gilberto, tentou dar um chapéu e caiu dentro da área na disputa com Joaquim. Mas o Ramon Abatti Abel mandou o jogo seguir.

O Bahia passou outro sufoco aos 11 minutos. O Santos chegou bem na tentativa de cruzamento, Marcos Felipe saiu, fez um corte parcial, a bola ficou viva na área, mas Lucas Braga não conseguiu aproveitar. Aos 13, nova pressão dos visitantes. Kevyson fez boa jogada pela esquerda, escapou da marcação e cruzou rasteiro, mas o goleiro do Tricolor caiu e fez a defesa.

A melhor jogada do Tricolor aconteceu aos 17 minutos. Na sobra pelo lado esquerdo, Cándido soltou a bomba e o goleiro João Paulo espalmou, mas a defesa conseguiu afastar o perigo no rebote. Quatro minutos depois, Gilberto cruzou de três dedos, Thaciano desviou de cabeça e o arqueiro santista fez a defesa em dois tempos. Aos 23, após troca de passes, Gilberto bateu do meio da rua, mas mandou para fora. O Peixe respondeu aos 25 com Jean Lucas batendo da entrada da área, mas ela passou ao lado da meta do time baiano.

O Tricolor criou uma grande chance com Yago Felipe aos 34 minutos. O volante mandou uma bomba do meio da rua que tinha endereço, mas João Paulo voou e espalmou para fora. O Peixei tentou responder no minuto seguinte. Cruzamento buscando Marcos Leonardo, a bola desviou em Kanu e saiu pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio de Soteldo, Kevyson cabeceou para fora. Aos 39, Dodô errou na saída de bola e deu um presente para Everaldo. O centroavante avançou, invadiu a área e chutou, mas a pelota desviou em João Basso e saiu pela linha de fundo. No minuto seguinte, após boa troca de passes do time baiano, Gilberto ficou com a sobra dentro da área, livre de marcação, mas finalizou mal e isolou por cima da meta paulista. Aos 42 foi a vez de Ademir desperdiçar uma oportunidade clara, ao ficar com a sobra, livre, dentro da área, mas bateu pelo lado do gol defendido por João Paulo. O Peixe respondeu aos 44 e quase abriu o placar em jogada de contra-ataque. Soteldo invadiu a área, cortou o marcador e chutou. A bola bateu em Marcos Felipe e Acevedo afastou o perigo.

Os dois times voltaram dos vestiários com as mesmas formações da etapa inicial. Diferente do primeiro em que os visitantes começaram botando pressão, o reinício da partida foi mais equilibrado. No entanto, o Tricolor iniciou com mais posse de bola. Aos cinco minutos, Thaciano levantou na área, a defesa paulista cortou e Yago Felipe ficou com a sobra e experimentou de primeira, mas mandou por cima da trave de João Paulo.

Enquanto o Santos esperava a oportunidade para contra-atacar, o Bahia voltou mais organizado, dominando mais a bola e rondando a área paulista. No entanto, o time baiano não conseguia furar a marcação para levar perigo à meta adversária.

O Bahia abriu o placar aos 14 minutos com um golaço de Camilo Cándido. Ataque do Tricolor pelo lado direito, Ademir tentou o cruzamento, mas a bola sobrou para Gilberto que rolou para o uruguaio bater colocado e estufar as redes paulistas. Bahia 1x0 Santos

Após o gol do Tricolor, nenhum dos dois times conseguiu armar uma trama mais aguda. Os donos da casa seguiam com mais domínio da bola, enquanto os visitantes continuavam com a marcação fechada esperando uma oportunidade.

O Peixe chegou ao empate com Marcos Leonardo aos 27 minutos em jogada ensaiada. Cobrança de falta de Soteldo, Joaquim ajeitou para o camisa 9 cabecear para o fundo das redes. 

Acomodado com o empate, o Peixe passou a cuidar mais marcação para segurar o resultado e tentando encaixar o contra-ataque. Lucas Lima foi sacado para dar lugar ao volante Nonato. Dono da casa, o Tricolor tentava buscar o segundo gol, com sangue novo no ataque após as entradas de Biel e Mingotti. No entanto, o time baiano não conseguia fazer uma jogada aguda que levasse perigo à meta defendida por João Paulo.

O Santos virou o placar com Julio Furch aos 48 minutos. Após cobrança de Jean Lucas, Joaquim desvia de cabeça para o camisa 11 dominar e finalizar para estufar as redes. Bahia 1x2 Santos

Biel ainda teve a chance do empate aos 52 minutos, mas acabou finalizando em cima do goleiro João Paulo.

Informações Bahia Notícias

SUFOTUR - SÃO JOÃO 2024

Compartilhe

Deixe seu comentário