Construção do CMDI chega à fase final; 50% dos atendimentos devem ser ampliados

Os serviços estão concentrados na pintura, instalação de bancadas em granito e da rede elétrica. O equipamento municipal vai funcionar na rua José de Freitas Moreira, no bairro Baraúnas.

Foto: Izinaldo Barreto

A construção da sede própria do Centro Municipal Diagnóstico por Imagem (CMDI) está na fase final. Os serviços estão concentrados na pintura, instalação de bancadas em granito e da rede elétrica. Os investimentos visam ampliar os atendimentos ofertados à população feirense.

A estrutura vai contar com elevador e ambiente totalmente climatizado, três pavimentos, onde estão instalados consultórios médicos e enfermagem, laboratório, salas para exames de Ultrassom, Raio X, Mamografia e Densitometria, além de espaço para realização de Ecocardiograma e Eletrocardiograma, bem como áreas administrativas, recepção e sanitários.

De acordo com a diretora-presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas, as novas instalações do CMDI vão ampliar em torno de 50% os atendimentos de especialidades em diagnósticos por imagem, além da oferta de novos serviços.

Ela destaca que, somente no ano passado, foram realizados 59.457 exames por imagem. 

“Com a aquisição de novos equipamentos vamos garantir mais dinamismo e qualidade nos serviços prestados à comunidade”, afirma. 

O equipamento municipal vai funcionar na rua José de Freitas Moreira, no bairro Baraúnas.

GB - MOSQUITO

Compartilhe

Deixe seu comentário