Chefe de trafico é morto após troca de tiros com a polícia

O delegado André Ribeiro, disse que ao tomarem conhecimento do roubo do veículo Renault Kwid, de cor branca, iniciaram diligências no sentido de localizar o veículo e os autores do delito.

Foto: Divulgação

Genivaldo Souza, e Luís Fernando Samuel Neves, conhecido mais com o “Luisinho”, morreram na tarde de quarta-feira (29), após trocar tiros com policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), no bairro Rua Nova, em Feira de Santana. Genivaldo, era líder do tráfico de drogas nas localidades do Expansão do Feira IX e Rua Nova e ex-presidiario com várias passagens pela polícia e Luisinho, possuía mandado de prisão em aberto por homicídios e autor do latrocínio que vitimou o “Vaqueiro Pimpão” dia 30/09/2021 no bairro Jardim Cruzeiro.

O delegado André Ribeiro, titular da DRFR, disse que os investigadores, nesta quarta-feira (29), ao tomarem conhecimento do roubo do veículo Renault Kwid, de cor branca, iniciaram diligências no sentido de localizar o veículo e os autores do delito, os quais foram identificados como sendo os indivíduos identificados pelos apelidos de Sorriso, morador do bairro Monte Pascoal e Oscleibe, morador do bairro sobradinho.

Ainda de acordo com o delegado, após breve campana os investigadores conseguiram prender Sorriso e Oscleide de posse de dois revolveres calibre 32, e o referido veículo roubado, que na abordagem Oscleide foi alvejado, sendo socorrido pelo SAMU, que em seguida o indivíduo “Sorriso” afirmou que teria cometido o roubo a mando do chefe do tráfico do Expansão do Feira IX, Genivaldo.

“Os investigadores com o apoio de outras equipes da DRFR, se deslocaram ao bairro Rua Nova, que no local indicado, os policiais foram recebidos com disparos de arma de fogo, sendo necessário o revide a injusta agressão, que foram alvejados os indivíduos Genivaldo e Luís Fernando, o Luisinho. De imediato foram socorridos ao Hospital Geral Clerisrton Andrade (HGCA), mas não resistiram”, explicou André Ribeiro.

Com os resistentes, além das armas de fogo, foram apreendidas 46 pinos contendo cocaína, várias pedras de cocaína pesando aproximadamente 200 gramas, 1 kg e 200 gramas de maconha. Sorriso e Oscleide foram autuados em flagrante ficando os mesmos a disposição da justiça, que a ocorrência da morte por intervenção policial foi lavrada pelo Plantão Regional no Complexo de Delegacias do sobradinho.

Informações Gleidson Santos

GB - MOSQUITO

Compartilhe

Deixe seu comentário