A 38 dias do Réveillon, Bruno Reis diz não ter definição sobre Festival da Virada na capital baiana

Em seu último pronunciamento, o prefeito afirmou que caso a festa fosse realizada ela não teria 5 dias de duração, como costumava acontecer, por causa do tempo apertado.

Foto: Reprodução

A 38 dias do Réveillon, a festa para celebrar a passagem de ano na capital baiana continua indefinida pelo Governo da Bahia e Prefeitura de Salvador.

Nesta quarta-feira (24), o prefeito Bruno Reis (DEM) afirmou em conversa com a imprensa durante o lançamento de programas Quali Salvador e Nômades Digitais, no hotel Fiesta, que assim como o Carnaval, o Festival Virada depende de uma reunião com o governador Rui Costa (PT).

"Eu espero ter a oportunidade de conversar com o governador também sobre o Réveillon para que a gente possa tomar a nossa decisão. Enquanto isso estou vendo o que está acontecendo no mundo, estamos avançando na vacinação e ouvindo a opinião de todos".

Em seu último pronunciamento, o prefeito afirmou que caso a festa fosse realizada ela não teria 5 dias de duração, como costumava acontecer, por causa do tempo apertado. 

"Dificilmente nós teremos um Festival Virada com 5 dias e com a presença de grandes artistas, artistas nacionais, por já estarem contratados para se apresentar em outras praças".

Informações Bahia Notícias

Compartilhe

Deixe seu comentário