Cerca de 121 mil feirenses estão cadastrados no CadÚnico, sendo 43 mil em vulnerabilidade

Feira de Santana está sediando o XI Encontro Baiano de Gestores Municipais de Assistência Social.

Foto: ACM

Feira de Santana está sediando o XI Encontro Baiano de Gestores Municipais de Assistência Social que tem o objetivo é debater a responsabilidade dos entes federados (União, Estado e Municípios) na garantia do financiamento de políticas públicas do Sistema Único de Assistência Social e seus impactos na proteção das famílias, tema central do evento.

Nesta terça-feira (23), primeiro dia de encontro que segue também nesta quarta-feira (24), cerca de 400 participantes, entre gestores e trabalhadores do SUAS (Sistema Único de Assistência Social), estiveram presentes na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). 

Presente no evento, o prefeito Colbert Martins Filho considerou a iniciativa importante diante do momento que o país atravessa e os desafios que estão sendo vencidos com a política de assistência nacional, citando o aumento do valor do benefício Auxílio Brasil e o novo auxílio-gás. 

“Uma reunião de gestores significa a participação direta dos municípios no fomento de políticas públicas”, disse Colbert enfatizando que em Feira de Santana tem mais de 43 mil famílias assistidas por programas sociais. 

Este número, conforme pontua o secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Antônio Carlos Borges Júnior, atende as expectativas locais. 

‘Temos, aproximadamente 121 mil pessoas cadastradas no CadÚnico em Feira, da qual pouco mais de 43 mil estão em extrema pobreza que agora recebem o Auxílio Brasil com um aumento de até 17% per capita para os que estão inscritos. 

Estiveram presentes também: Ediana Dourado, presidente do COEGEMAS-BA (Colegiado Estadual de Gestores Municipais da Assistência Social - Bahia); secretário estadual de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Carlos Martins; secretário do CadÚnico, Tercio Brandão; Robson Tuma, secretário Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania; Maria Yvelônia dos Santos, secretária nacional de Assistência Social; além dos secretários municipais de Cultura, Esporte e Lazer, Jairo Carneiro Filho; de Políticas para as Mulheres, Gerusa Sampaio; de Governo, Denilton Brito e vereadores.

Com informações do repórter Joaquim Neto 


Compartilhe

Deixe seu comentário