Mais de 90% dos internados por Covid-19 na Bahia não tomaram vacina ou não completaram imunização

Dado é registrado pelos indicadores da Secretaria da Saúde da Bahia. Em todo o estado, cerca de 10,7 milhões de pessoas já tomaram a 1ª dose, enquanto mais de 7,8 milhões retornaram aos pontos de vacinação para tomar a 2ª.

Foto: Mateus Pereira

Entre 95% e 98% dos internados por Covid-19 na Bahia são pessoas que não tomaram as vacinas contra a doença, ou não completaram o esquema de imunização com a segunda dose.

O dado é registrado pelos indicadores da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), como explica o coordenador estadual de imunização e vigilância das doenças imunopreveníveis e mestre em Saúde Coletiva, Ramon Saavedra.

“Os indicadores nos mostram que em torno de apenas 2 a 5% dos internados são pessoas vacinadas, ou seja, as pessoas que estão precisando ser encaminhadas para uma internação, ou por ventura evoluem para óbito, é de pessoas não vacinadas, ou sem o esquema vacinal completo, sem as duas doses: tomou uma e não voltou para tomar a segunda. Isso é um ponto que nos preocupa bastante”, ponderou.

Em todo o estado, cerca de 10,7 milhões de pessoas já tomaram a primeira dose, enquanto mais de 7,8 milhões retornaram aos pontos de vacinação para tomar a segunda dose. Nos casos das doses únicas, a Bahia já aplicou mais de 259 mil vacinas.

A região do estado com o maior número de vacinados é a Leste, onde fica Salvador, e a com menor percentual é o extremo sul. 

Informações G1

Compartilhe

Deixe seu comentário