Série C chega à última rodada com o Grupo B já definido e três vagas em aberto no A

Cinco clubes ainda lutam para passar de fase, enquanto dois times estão na briga contra o rebaixamento. Última rodada da Terceirona será realizada na tarde deste sábado

Foto: John Wesley/Ascom Paysandu

A primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro se encerrará neste sábado, com todos os jogos do Grupo A e do Grupo B sendo realizados no mesmo dia. Apenas o duelo entre Paraná e Oeste, que são os dois rebaixados da Chave B, será às 15h. Todos os outros 19 duelos começarão duas horas mais tarde, às 17h.

Até agora, o Grupo B é a chave que tem mais definições. Além dos rebaixados, os classificados para a próxima fase já são conhecidos. Seguem com o sonho do acesso: Novorizontino, Ituano, Ypiranga e Criciúma. Mas alguns rumos importantes estarão claros só ao fim da rodada.

No Grupo A, a luta vai até os últimos minutos dos jogos. Apenas o Paysandu joga com a tranquilidade de classificado. Já o Santa Cruz cumpre a tabela com a tristeza de que no ano que vem disputará a Série D. Cinco times ainda disputam as três vagas restantes na próxima fase da Terceirona, enquanto dois clubes jogam para permanecer na Série C. Confira abaixo o cenário de cada time do torneio para esta rodada derradeira da primeira fase.

GRUPO A

1º Paysandu - 27 pontos

Líder do Grupo A, o Paysandu é o único clube dessa chave já classificado para a segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro. O Papão entrará em campo, neste sábado, preocupado apenas com a posição em que vai terminar esta primeira fase.

Caso vença seu compromisso, diante do Manaus, na Curuzu, o time paraense se garantirá na fase seguinte como o melhor time do Grupo A.

Se empatar, o Papão selará a classificação para a fase seguinte, mas poderá avançar sendo segundo ou terceiro colocado. Para ser líder da chave com um empate, a equipe torcerá para Tombense e Botafogo-PB não vencerem na rodada. Se um dos times ganhar, o Papão passará em segundo. Se ambos vencerem, o Paysandu passará com a terceira posição.

Já se o Papão perder do Manaus, ele será ultrapassado automaticamente pelo time amazonense. Para se garantir com a vice-liderança, torcerá para Tombense e Botafogo-PB não vencerem seus jogos. Se um deles vencer, ele cairá para terceiro. Se os dois ganharem, o Papão avançará de fase na quarta posição.

2º Tombense - 27 pontos

Vice-líder da chave, o Tombense não está classificado matematicamente, mas precisa apenas de um empate para garantir a passagem de fase. Se perder, ainda terá chances reais de classificação.

Se vencer seu jogo diante do Volta Redonda, em Tombos, o Tombense se garantirá na próxima fase, podendo terminar no topo da tabela, se o Paysandu não vencer o Manaus.

Se empatar o jogo, o Tombense também selará sua classificação, pelo menos na segunda posição. Para ser segundo, o time torcerá para o Botafogo-PB não vencer o Santa Cruz. Caso o Belo ganhe, o Tombense passará com a terceira posição.

Se perder do Volta Redonda, o Tombense poderá, ainda assim, avançar para o quadrangular. Mas aí terá que torcer para Botafogo-PB ou Ferroviário não ganharem seus jogos, ou para o Manaus perder para o Paysandu.

3º Manaus - 26 pontos

Terceiro colocado na tabela do Grupo A, o Manaus pode passar de fase até perdendo. Mas o fato é que o time não está garantido na próxima fase e poderá ser eliminado caso perca.

Caso vença, passará de fase. E na liderança do seu grupo, visto que enfrentará o líder Paysandu.

O Manaus também se classificará para o quadrangular da segunda fase se empatar com o Papão. O time avançará em segundo, nesse caso, se Botafogo-PB e Tombense não vencerem. Caso um deles vença seu jogo, o Manaus cairá para terceiro. Se ambos ganharem, o time manauara passará de fase na quarta colocação.

Caso perca do Paysandu, o Manaus já precisará se concentrar muito na torcida. Para que se classifique mesmo perdendo na última rodada, o clube amazonense precisará que Botafogo-PB ou Ferroviário perca seu jogo. Se um dos dois empatar, aí o Manaus torcerá para a derrota do outro na rodada. Empates ou vitórias do Botafogo-PB e do Ferroviário, no caso de revés do Manaus, eliminará o Gavião do Norte.

4º Botafogo-PB - 26 pontos

Fechando a zona de classificação no momento, o Botafogo-PB é mais um que pode passar de fase até perdendo. Mas não é bom arriscar.

Caso vença, o Belo se classificará para um dos quadrangulares da próxima fase, que vale o acesso. Será líder, se Paysandu x Manaus terminar empatado e o Tombense não vencer o Volta Redonda, no Rio de Janeiro. O Alvinegro passará em segundo, em caso de vitória de Manaus ou Paysandu e um tropeço do Tombense na rodada.

Se empatar, o Botafogo-PB ainda terá grandes chances de classificação. O Belo só não avançará com um empate, se o Ferroviário vencer o Floresta, e nesse triunfo tirar uma diferença de saldo de gols (que no momento é de três gols), e o Manaus não perder do Paysandu. Caso avance com um empate diante do Santa Cruz, o Belo pode ser terceiro ou quarto colocado.

Se perder, o time paraibano ainda terá chance de passar de fase. Para isso acontecer, terá que torcer para o Ferroviário não vencer o Floresta, em Fortaleza, e para o Volta Redonda não ganhar do Tombense e tirar a diferença no saldo de gols para o time pessoense (que no momento é de dois gols).

5º Ferroviário - 24 pontos

O Ferroviário vem em quinto e busca na última rodada chegar ao G-4 para garantir a classificação para a próxima fase. A situação não é simples, visto que depende de torcida para uma combinação de resultados.

A única chance de passar de fase é vencendo. O Ferrão terá que vencer e ainda torcer para que Botafogo-PB, Tombense ou Manaus percam. Caso o Tombense perca, o Ferroviário ainda terá que tirar uma diferença de saldo (que no momento é de seis gols). O Ferroviário ainda poderá passar, em caso de sua vitória sobre o Floresta, se o Botafogo-PB empatar, mas aí precisará tirar a diferença do saldo de gols (que no momento é de três tentos).

Já se o Ferroviário empatar ou perder seu compromisso com o Floresta, se despedirá da Série C deste ano.

6º Volta Redonda - 23 pontos

O Volta Redonda entra na rodada com chance matemática de classificação, mas precisa de uma combinação de resultados.

Primeiro, o time fluminense tem que vencer sua partida diante do Tombense. Se ganhar, avançará se o Ferroviário não vencer o Tombense e o Botafogo-PB perder para o Santa Cruz. Mesmo que o Belo perca, o Volta Redonda ainda terá que tirar uma diferença de saldo de gols (que hoje é de dois gols).

Caso o Volta Redonda perca ou empate diante do Tombense, estará fora da Série C deste ano.

7º Altos - 21 pontos

O Altos apenas cumprirá tabela na última rodada da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro. O time do Piauí não tem como ser rebaixado nem tem mais como se classificar para próxima fase do torneio. O Altos enfrentará o Jacuipense, em Teresina, na última rodada e poderá interferir no rumo do time baiano, que luta para não cair.

8º Floresta - 18 pontos

O Floresta está praticamente garantido na Série C do ano que vem. Mas ainda pode cair, caso aconteça uma combinação de resultados.

Caso vença ou empate o jogo diante do Ferroviário, o Floresta escapará da degola.

Se perder para o Ferroviário, o time cearense só cairá se o Jacuipense, diante Altos, vencer a partida e tirar uma diferença de saldo de gols (que hoje é de seis gols).

9º Jacuipense - 15 pontos

O Jacuipense entra na rodada com uma pequena chance de escapar da queda para a Série D. Mas ela existe.

Para isso, o time baiano tem que vencer seu jogo diante do Altos, em Salvador, e ainda torcer para o Floresta perder do Ferroviário. Para escapar, o Jacuipense precisará tirar uma diferença de saldo de gols (que é de seis gols).

10º Santa Cruz - 11 pontos

O Santa Cruz é o único do Grupo A que já está rebaixado. Antes mesmo de entrar em campo na rodada anterior, o Floresta empatou com o Volta Redonda, no último sábado, e confirmou a queda do Tricolor. Sobrou ao Santa Cruz encarar o Botafogo-PB apenas cumprindo tabela.

GRUPO B

Na outra chave da Série C, as situações já estão mais bem definidas. Os quatro classificados já são conhecidos: Novorizontino, Ituano, Ypiranga e Criciúma. O Novorizontino, inclusive, já tem a liderança no bolso, visto que não pode ser ultrapassado por nenhum adversário.

Os rebaixados também já são conhecidos. Paraná e Oeste já estão na Série D do ano que vem e se despedem da Terceirona neste sábado em um melancólico confronto entre si. Nenhum dos dois podem alcançar outra equipe e, portanto. já caíram.

De modo que a única luta nesta última rodada no Grupo B são as posições dos classificados. Como já dito, o líder Novorizontino já está definido e enfrenta o Mirassol. Já Ituano, Ypiranga e Criciúma ainda podem trocar de posições dentro do G-4. O Ituano pega o Botafogo-SP, em Itu, o Ypiranga vai até a casa do São José, enquanto o Criciúma faz o clássico contra o Figueirense no Orlando Scarpelli.

Na segunda fase, a Série C terá dois quadrangulares, denominados de Grupo C e Grupo D, de pontos corridos, que vão ocorrer de maneira paralela. Os líderes de cada chave ao fim dos jogos de ida e volta farão a final da Terceirona. E, além disso, esses finalistas, junto do segundo colocado de cada grupo ao fim dos quadrangulares, sobem para a Série B de 2022.

O Grupo C será formado pelo 1º do Grupo A, 2º do Grupo B, 3º do Grupo A e 4º do Grupo B. Já o Grupo D será composto pelo 1º do Grupo B, 2º do Grupo A, 3º do Grupo B e 4º do Grupo A.

Informações GE

Compartilhe

Deixe seu comentário