Governador da Bahia anuncia exigência do 'passaporte da vacina' para acesso a locais públicos

Rui Costa ainda não informou quando essa comprovação começará a ser exigida, mas deu a entender que a medida só será tomada com o avanço da aplicação da segunda dose. O governador também não detalhou como será o passaporte da vacina na Bahia.

Foto: Divulgação

O governador da Bahia anunciou, nesta segunda-feira (13), que o estado vai passar a exigir o chamado "passaporte da vacina", para pessoas acessarem locais públicos.

Rui Costa ainda não informou quando essa comprovação começará a ser exigida, mas deu a entender que a medida só será tomada com o avanço da aplicação da segunda dose.

"Nós vamos exigir o chamado passaporte da vacina para acesso a locais públicos. Esta medida não foi tomada ainda porque quem tem menos de 40 anos ainda não tomou a segunda dose. Queremos acelerar a vacinação para que as flexibilizações sejam feitas, mas com o devido cuidado", escreveu Rui em uma rede social.

O governador também não detalhou como será o passaporte da vacina na Bahia. Em São Paulo, por exemplo, o documento será emitido por aplicativo. Os moradores farão um cadastro e receberão um QR Code, que é o passaporte.

É partir da leitura deste código, que os locais e estabelecimentos saberão se a pessoa está com a vacina em dia.

Informações G1

Compartilhe

Deixe seu comentário