Ouro no Pan de 2011, baiano é encontrado morto em rodovia em São Paulo

Corpo do atleta Leandro Prates, de 39 anos, foi encontrado no km 75 da Rodovia Fernão Dias, sentido Minas Gerais. Prates também era cabo da PM. Informações iniciais da polícia indicam que ele bateu a moto e caiu em um precipício.

Foto: Wagner Carmo / CBAt

O corpo do atleta Leandro Prates, 39 anos, medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2011, foi encontrado na Rodovia Fernão Dias na tarde desta terça-feira (6). O atleta também era cabo da Polícia Militar.

Segundo a PM, Prates havia saído do trabalho na noite de segunda-feira (5) e estava desaparecido desde então. Nesta terça, seu corpo e sua motocicleta foram encontrados em uma ribanceira. Ainda de acordo com a polícia, informações iniciais indicam que ele bateu a moto e caiu no precipício na altura do km 75 da Fernão Dias, sentido Minas Gerais.

A Polícia Rodoviária Federal também informou que há indícios de envolvimento em acidente. A perícia da Polícia Científica compareceu ao local e o corpo será removido para o IML da capital paulista. A ocorrência será encaminhada ao 73º Distrito Policial, do Jaçanã.

Local onde o corpo do atleta Leandro Prates, 39 anos, foi encontrado na Rodovia Fernão Dias.  — Foto: Reprodução/TV Globo

Corredor de alto nível do atletismo brasileiro, tem dezenas de convocações pela Seleção Brasileira de Atletismo e já competiu em mais de 15 países.

Ao longo de sua carreira, que se iniciou aos 18 anos, Prates conquistou diversas medalhas, sendo a mais importante a de ouro na prova dos 1500 metros, nos jogos Pan-Americanos de 2011, disputados no México.

Patres ingressou na Polícia Militar há 13 anos, atuava na Escola de Educação Física da Polícia Militar, era casado e deixou um casal de filhos.

A Confederação Brasileira de Atletismo lamentou a morte e afirmou que Prates era um dos melhores corredores meio-fundistas e fundistas do Brasil

"O corredor baiano Leandro Prates Oliveira, um dos melhores meio-fundistas e fundistas do Brasil, nos deixou na noite desta segunda-feira (5/7). A CBAt e toda família abraça todos os seus familiares e amigos.

Leandro Prates foi bicampeão sul-americano, bicampeão Ibero-Americano e medalha de ouro nos 1.500 m nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em 2011, no México.

A história que o Leandro escreveu no Atletismo ficará pra sempre na nossa memória", diz a nota.

A Associação Brasileira de Atletas do Atletismo, da qual Prates era vice-presidente, também lamentou a morte. "Muita tristeza, um grande amigo de todos! Um vazio enorme no peito de todos os associados da ABAAt", diz a nota.


Informações G1


Compartilhe

Deixe seu comentário