Ícaro Ivvin é o novo presidente do Fluminense de Feira

Desde então o clube vinha sendo presidido de forma interina por Antônio Raimundo Gomes dos Santos, então presidente do Conselho Deliberativo do clube.

Foto: Divulgação

O advogado Ícaro Ivvin vai comandar os destinos do Fluminense de Feira de Santana por oito meses. A eleição para a presidência do tricolor feirense aconteceu nesta terça-feira (20), atendendo ao regimento interno que previa um novo pleito para compor a direção executiva, já que Antônio Deraldo Conceição, o Deraldão, e Zaqueu Tanan Santiago renunciaram os cargos a pouco mais de 30 dias. Desde então o clube vinha sendo presidido de forma interina por Antônio Raimundo Gomes dos Santos, então presidente do Conselho Deliberativo do clube.

Ivvin foi o único a inscrever uma chapa para concorrer à eleição presidencial no Fluminense de Feira e, agora eleito, tem como ideia – independente do desfecho do time no Campeonato Baiano –  organizar toda a parte administrativa para que no final do ano, quem assumir o time em novo processo eleitoral, possa ter condições de desenvolver o trabalho.

Mesmo com o tempo relativamente curto, ele garante que tem muitas coisas serem feitas no tricolor feirense. “Quero organizar a cassa, solucionando questões como os débitos existentes, além de criar novas condições como a construção de um campo de grama sintética para treinamentos, a reconstrução das nossas divisões de base, também solucionar outras questões como a situação da área do Rio Jacuípe”, enumerou. “O que citei foram algumas coisas porque a dimensão do Fluminense é muito maior e por isso existe muita coisa a ser feita”, complementou Ícaro Ivvin.

Além de advogado, ele tem experiência acadêmica sendo professor em faculdades feirenses, além de ter vivência administrativa como secretário municipal e procurador tanto do Município como da Câmara Municipal. Ícaro Ivvin diz que desde quando colocou a ideia de ser candidato tem encontrado o apoio de muitas pessoas. 

“São empresários e outras pessoas de diversos setores da sociedade feirense que conhecem e confiam em nosso trabalho, sabem das nossas intenções e tem referendado o nosso objetivo estabelecido. A ideia é agregar e nesse sentido estou aberto ao diálogo com qualquer pessoa seja torcedor, ex-dirigente, conselheiro porque o Fluminense é o clube do povo”, declarou Ícaro Ivvin.

A intenção é realizar uma gestão aberta e principalmente participativa “Eu ouvirei a todos, mas as pessoas precisam entender que temos a autonomia dentro do processo de discussão de definir o que é melhor para o clube. Importante é estabelecer o canal de diálogo com todos porque está comprovado que a desunião em nada contribui com o processo do nosso clube”, disse Ícaro Ivvin.


Informações Diplomatas News

Compartilhe

Deixe seu comentário