Feira de Santana zera estoque de vacinas da Covid e paralisa aplicação da primeira dose

O prosseguimento do processo de imunização depende do recebimento de novas doses. A cidade conta ainda com 7.090 doses disponíveis para a aplicação da segunda dose nos já imunizados.

Foto: Divulgação

Como já previsto pelo secretário Municipal de Saúde, Marcelo Brito, em entrevista ao Bom Dia Feira no início da manhã desta quarta-feira (07), Feira de Santana zerou o estoque de vacinas da Covid-19 para primeira dose.

Durante a manhã, restavam apenas cerca de 1.130 doses disponíveis. O prosseguimento do processo de imunização dos idosos em Feira depende agora do recebimento de novas doses. A última remessa de vacinas para a cidade aconteceu no último dia 1º de abril com a chegada de 11.800 doses. Conforme a secretária Municipal de Saúde, há uma promessa para que, ainda nesta semana, cheguem novas doses.

'Mas é uma promessa, não há confirmação de nada', diz Marcelo.

A cidade conta ainda com 7.090 doses disponíveis para a aplicação da segunda dose dos já imunizados. A secretaria vem chamando atenção para o alto número de feirenses que estão deixando de comparecer as unidades de saúde para complementar a imunização. Cerca de 20% ainda não compareceram.

'A vacinação é um ciclo, precisa ser feita a primeira dose e, dentro do período preconizado, tomar a segunda dose. Não dá para ter pessoas não comparecer para a segunda dose, se não tomou a segunda dose, não está imunizado. As doses dessas pessoas estão garantidas, mas eu não posso ficar esperando essa dose eternamente, não tem sentido não tomar a segunda, se já tomou a primeira, é muito estranho, quando é feita a primeira vacinação, o paciente já sai com o dia marcado, se por acaso, excepcionalmente, não puder comparecer no dia marcado, avisa ao posto, não vamos cometer essa falta de consciência, tem pessoas precisando dessa dose', destaca o secretário. 

Compartilhe

Deixe seu comentário