Devoto de irmã Dulce viaja da Alemanha para a cerimônia de canonização em Roma

Foto: Bom Dia Feira

Durante passeio pelo Vaticano, o correspondente internacional do Bom Dia Feira, Fernando Moreira, encontrou um devoto baiano de Irmã Dulce que mora na Alemanha. O senhor Carlos Henrique Andrade é aposentado e nasceu e cresceu em Salvador, mais especificamente na cidade baixa, onde conheceu e convivei com Irmã Dulce e hoje é devoto dela, que a partir do próximo domingo será a Santa Dulce dos Pobres. 

Senhor Henrique revelou um fato interessante sobre a vida do Anjo bom da Bahia, como é conhecida Irmã Dulce. 
"Irmã Dulce foi negada pela própria congregação na época, porque ela era uma freira de clausura e saía pelas ruas dando alimento para o pessoal pobre, carente e abandonado. Irmã Dulce realmente fez o trabalho do que ela está galgando agora, que é de uma santa", disse ele, afirmando ainda que sempre que vai a Salvador, visita as Obras Sociais.

O aposentado diz que por ter conhecido Irmã Dulce, fez o esforço de estar presente nesse momento especial que é a cerimônia de canonização. 

"Eu acho que é um privilégio na vida de cada pessoa ter uma chance como essa. Por isso eu fiz o esforço de chegar até aqui e prestigiar a canonização. Vim sem aval, sem crachá, mas estou aqui firme e tenho certeza que vou sair de alma lavada", afirmou ele.   

Confira a entrevista completa com o senhor Henrique Andrade



Compartilhe

Deixe seu comentário