Acusado de tráfico de drogas morre após trocar tiros com o PETO 66

Foto: Divulgação

Gutemberg Santos Costa, conhecido como “Guto ou Galego”, morreu na manhã desta quarta-feira (09), no Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), após ser baleado durante confronto com policiais da 66ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), no bairro Cidade Nova, em Feira de Santana.

Segundo informações da PM, na manhã desta quarta-feira (09) chegou através do whatsapp, informações da 66ª CIPM, importante canal de contato com a comunidade, que um indivíduo chamado GUTEMBERG, conhecido como “GUTO OU GALEGO”, alto e com tatuagens pelo corpo utilizava uma motocicleta alta XRE 300 para fazer o tráfico de drogas na modalidade “delivery”,  indicando detalhes do endereço, no bairro Cidade Nova.

Ainda de acordo com a PM, neste sentido, foram feitos consultas em busca da qualificação e constatou-se que o mesmo possuía dois mandados de prisão constando como pendentes no BNMP do CNJ, além de diversos processos criminais pelos crimes de tráfico de drogas, homicídio, receptação e porte de arma.

Na abordagem a residência que funcionava como ponto de logística e de onde partia a distribuição de drogas, Galego desferiu alguns disparos de arma de fogo em desfavor dos militares, que prontamente revidaram no intuito de fazer cessar a injusta agressão. O resistente foi socorrido ainda com vida para a emergência do HGCA, onde posteriormente veio a óbito, conforme ocorrência policial com registro em andamento na DP competente.

Vale registrar que em poder do acusado foram encontrados alguns objetos ilícitos, a exemplo de entorpecentes, balança de precisão, aparelhos celulares de origem duvidosa e duas armas de fogo, um revólver Cal .38 e uma arma artesanal de calibre .12, além de uma motocicleta HONDA XRE 300 de PLACA PJH-1237, a qual era utilizada para transporte e distribuição de drogas na cidade.

Compartilhe

Deixe seu comentário