Samsung registra ideia de celular com tela que triplica de tamanho

Foto: Reprodução/LetsGoDigital

A Samsung obteve patente de um celular que pode revolucionar o mercado: o aparelho teria tela expansível com capacidade para triplicar de tamanho. A solicitação foi registrada pelo Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO, na sigla em inglês) em junho deste ano com o nome de “Display Device”, ou “Aparelho de Tela” em português. A ideia sugere mecanismos de rolagem para ampliar o painel sensível ao toque. Esta parece ser mais uma aposta da Samsung no segmento de telas flexíveis, tendo o vista o Galaxy Fold.

Utilizando os 27 esboços divulgados no documento, o portal Let’s Go Digital criou imagens 3D do suposto celular para facilitar a análise das especificações acerca do design.
Ideia da Samsung com a tela expansível fechada parece um smartphone comum — Foto: Reprodução/LetsGoDigital
Foto: Reprodução/LetsGoDigital


À primeira vista, é impossível identificar que o smartphone possui tela expansível, pois não há nenhum detalhe que indique gavetas ou mecanismos internos. O display simula um smartphone comum, mas quando ele é expandido, fica três vezes maior que o tamanho original. Para conseguir isso, a Samsung combinou a tecnologia da tela flexível com um sistema de trilho móvel.

As gavetas foram instaladas nas laterais esquerda e direita do telefone, permitindo que o usuário expanda a tela com um comando no telefone, pois o trilho móvel é acionado por um motor interno. Ao abrir ou fechar as duas gavetas, o display se estica ou contrai de forma similar a uma folha de papel enrolada.

Patente da Samsung revela celular com tela flexível expandida — Foto: Reprodução/LetsGoDigital
Foto: Reprodução/LetsGoDigital

A tela flexível fica apoiada no trilho quando expandida, oferecendo mais segurança no contato do usuário no touchscreen. Porém, como é possível observar no desenho da patente, o maior problema que a Samsung enfrenta agora é a durabilidade dos componentes. Nota-se que o engavetamento paralelo abre muito espaço para acúmulo de poeira que, após certo tempo, poderia emperrar o mecanismo.

Foto: Reprodução Samsung 

Como a patente foi registrada pela divisão de telas da Samsung, a fabricante deve focar no aprimoramento do componente. O mais provável é que depois ela parta para a inserção de componentes eletrônicos como bateria, processador e memória RAM. Entretanto, a nova ideia revela que a empresa está apostando no mercado de telefones dobráveis, e levando em consideração os problemas com o Galaxy Fold, deve levar alguns anos para que esta nova tecnologia seja vista nas vitrines.



Informações Techtudo


Compartilhe

Deixe seu comentário