Materiais aprendidos no circuito da Micareta serão devolvidos a partir do dia 7

Jorge Magalhães

Foram apreendidos durante os quatro dias da Micareta de Feira diversos materiais considerados irregulares e que pudessem afetar a segurança dos foliões. De acordo com o secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, foram apreendidos 325 pranchões, 12 fogareiros, 293 garrafas de vidro e 23 espetinhos. 

A fiscalização recolheu os carros-de-mão e pranchões colocados em locais proibidos ou que estavam circulando pelo corredor de tráfego, obstruindo a passagem dos foliões. “É uma medida que está prevista na Portaria 001/2019 para garantir a segurança de todos”, frisou Márcia Cristina Ferreira, da FPI.

Para garantir que nada atrapalhasse a livre circulação dos foliões e evitar que materiais perfuro-cortantes estivessem ao alcance e fossem utilizados indevidamente, a Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) atuou de forma preventiva no Circuito Maneca Ferreira, durante a Micareta de Feira de Santana, realizada entre os dias 25 a 28 deste mês.

O trabalho de apreensão foi feito de forma conjunta entre a Diretoria de Industria e Comércio, Guarda Municipal, Polícia Militar e da Defesa Civil. 

Integrante da FPI, a Secretaria Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) esteve participando da fiscalização com 70 fiscais.

Segundo o secretario essa ação foi realizada para garantir a segurança dos foliões "Isso faz com que a gente tenha essa performance dando ao folião a condição dele poder dirigir-se com segurança e prevenindo várias outras ações" ressaltou ele. 

Todo o material que foi apreendido será devolvido para seus donos. A recuperação poderá ser feita entre os dias 07 e 10 de maio, Os interessados em recuperar suas mercadorias devem se dirigir ao Estádio Municipal Alberto Oliveira, o Joia da Princesa, onde terá uma coordenação no local para do gerenciar a devolução. 

O processo tem sido acompanhado pela Defensoria Pública e o Ministério Público, por se tratar da apreensão de bens de terceiros. 


Informações da PMFS e Joaquim Neto




Compartilhe

Deixe seu comentário