Internos da Case Zilda Arns fazem rebelião e 28 menores fogem

Por volta de 18h20 da última sex-feira, na Comunidade de Acolhimento Socioeducativo (Case) Zilda Arns, na Av. Artêmia Pires, no bairro SIM, aconteceu uma rebelião dos internos resultando na fuga de menores. 

Após o ocorrido, as viaturas da 66ª CIPM, 65ª CIPM, 64ª CIPM, GARRA e Rondesp Leste, se deslocaram para o local no intuito de recapturar cerca de 28 menores que haviam fugido. Até o momento 12 menores já foram recapturados após buscas que ainda continuam. 

As informações são de que os adolescentes fugiram pela guarita após conseguirem quebrar um cadeado de um local chamado passos livres e pegar ferramentas utilizadas na horta, foram usadas pás e inchadas. Um socieducador foi rendido e por isso os internos conseguiram fazer um buraco em uma passagem de ar que é revestido por tubulações e escaparam. 

Os adolescentes da Case Melo Matos já vinham dando sinais de uma possível fuga assim como aconteceu na Zilda Arns, já que reivindicavam fazer as ligações para a família que estavam suspensas, devido a problemas no sinal, já que a Case não estava pagando a conta do telefone. 
O que se sabe sobre a Zilda Arns é de que há 130 adolescentes internos, número que está acima do permitido, está superlotado. Segundo informações, nenhum dos socioeducadores sofreram agressões. Segundo informação de uma fonte a equipe está bem e tranquila 
Alguns pais chegam para obter informações sobre o ocorrido, para saber se seus filhos estão envolvidos na rebelião. 

Informações SIC/FSA e Joaquim Neto

Compartilhe

Deixe seu comentário