DESEMBARGADOR SOLTA TEMER E CONSIDERA PRISÃO ILEGAL

O Desembargador  Antônio Athiê   do TRF do Rio de Janeiro  acolheu pedido de  “habeas corpus”  para soltar Michel Temer  da cadeia e   na  sua decisão  disse  que é   a favor da Lava Jato, tem respeito  ao Juiz Marcelo Bretas, mas  não poderia  admitir que    a ilegalidade  da prisão de Michel Temer e outros  continuasse, fato que segundo  ele,  poderia  ensejar  anulações futuras.  O processo  para apuração dos  supostos  atos de corrupção  seguirá, mas o desembargador Antônio  Athiê deixou claro que  não  concorda com  atos  judiciais que violem os princípios constitucionais  e do código de Processo Penal. O Ministério Público Federal   vai recorrer da decisão para   o STJ  mas  acredita-se que aquela corte de Justiça  superior  dificilmente  derrubará  a decisão da segunda instância,  devido ao  flagrante atropelo ao Código de Processo Penal ,conforme  a opinião da maioria dos juristas ouvidos pela imprensa. Assim, Temer   deixou   a  sede da Policia Federal do Rio de Janeiro  e já está  em sua residência em São Paulo. O Juiz Marcelo Bretas  não se pronunciou  mas a  soltura de Temer  era considerada certa  pelos  experts em direito  processual penal,  em face ao descumprimento  da  legislação pertinente.

Compartilhe

Deixe seu comentário