Última semana para se inscrever em projeto que qualifica cobradores em motoristas

A iniciativa capacitará os trabalhadores para que possam atuar como motoristas profissionais.

São 9 mil vagas para profissionais com vínculo empregatício com empresas de Transporte Coletivo de Passageiros que queiram se qualificar para atuarem como motoristas. Custos com o treinamento e com a mudança de categoria da CNH serão bancados pelo SEST SENAT

Os Cobradores de ônibus têm até às 17h da próxima quinta-feira, dia 21, para realizar sua inscrição no Projeto Qualificação Profissional no Transporte Coletivo de Passageiros. As inscrições, que são gratuitas, devem ser feitas somente no site do SEST SENAT (www.sestsenat.org.br).

São oferecidas 9 mil vagas em 46 Unidades do SEST SENAT para Cobradores de Ônibus com vínculo empregatício com empresas de Transporte Coletivo de Passageiros em todas as regiões do país. Vale ressaltar que o treinamento e todo o processo de mudança da categoria da CNH serão totalmente gratuitos para o profissional.

“Essa é uma grande oportunidade para o profissional que está preocupado com as mudanças que estão acontecendo no setor. Nesse cenário, em vez de perder, o trabalhador qualificado ganha. É isso que o SEST SENAT está oferecendo aos cobradores que terão oportunidade de subir na carreira, passando a motoristas de ônibus coletivos”, completou Nicole Goulart, diretora executiva do SEST SENAT.

A iniciativa capacitará os trabalhadores para que possam atuar como motoristas profissionais. Para isso, será realizada a mudança da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) da categoria B para a D, e os cursos “Especializado para Condutores de Veículos de Transporte Coletivo de Passageiros” (Resolução nº 168/2004 do Contran) – que é necessário para o exercício da profissão de motorista do transporte coletivo de passageiros e também o curso de “Aperfeiçoamento de Motorista para o Transporte de Passageiros”, realizado com prática no Simulador de Direção do SEST SENAT.

Como participar?
Para participar da iniciativa, é fundamental ler o edital. O documento informa todos os requisitos e procedimentos necessários. Todas as informações estão disponíveis na página do projeto Qualificação Profissional para Cobrador no Transporte Coletivo de Passageiros. Clique aqui para acessar.

Entre as exigências estão as seguintes: o candidato deverá comprovar vínculo empregatício na função de cobrador de ônibus; possuir CPF; e enquadrar-se nas regras do Contran quanto aos requisitos de tempo de CNH para realizar a mudança de categoria.

Além disso, a regularidade do cadastro da empresa junto ao SEST SENAT é fundamental. A empresa onde o candidato trabalha deve ter como atividade econômica principal o transporte e deve atuar no transporte coletivo urbano de passageiros.

Pesquisa da UNB
Um estudo inédito feito com dados pelo Laboratório de Aprendizado de Máquina em Finanças e Organizações da Universidade de Brasília (UnB) mostrou que 54% dos empregos formais do país poderão ser ocupados por robôs e programas de computador até 2026.

A porcentagem representa cerca de 30 milhões de vagas. O trabalho, desenvolvido ao longo de 2018, avaliou uma lista de 2.602 profissões brasileiras. A profissão de Cobrador de Transporte público está na 3ª colocação com mais risco de acabar.

Unidades Participantes
As 46 Unidades que receberão o Projeto de Qualificação Profissional no Transporte Coletivo de Passageiros são: Maceió (AL), Manaus (AM), Feira de Santana (BA), Simões Filho (BA), Crato (CE), Fortaleza (CE), Brasília (DF), Cachoeiro do Itapemirim (ES), Cariacica (ES), Colatina (ES), Luziânia (GO), São Luís (MA), Belo Horizonte/Jardim Vitória (MG), Belo Horizonte/Serra Verde (MG), Contagem (MG), Juiz de Fora (MG), Montes Claros (MG), Patos de Minas (MG), Pouso Alegre (MG), Vale do Aço (MG), Belém (PA), João Pessoa (PB), Cabo de Santo Agostinho (PE), Teresina (PI), Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Barra Mansa (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), Rio de Janeiro/Deodoro (RJ), Natal (RN), Carazinho (RS), Caxias do Sul (RS), Passo Fundo (RS), Pelotas (RS), Porto Alegre (RS), Santa Maria (RS), Santa Rosa (RS), Lages (SC), Blumenau (SC), Florianópolis (SC), Guarulhos (SP), Jacareí (SP), São Paulo/Vila Jaguara (SP), Santo André (SP), Taubaté (SP), São Paulo/Parque Novo Mundo (SP).

Compartilhe

Deixe seu comentário