GOL suspende voos com avião semelhante ao que caiu na Etiópia

Passageiros serão realocados para outras aeronaves

Divulgação

A GOL Linhas Aéreas informou na noite desta segunda-feira que suspende a partir de hoje, temporariamente, os voos de suas aeronaves 737 MAX 8, modelo semelhante ao que caiu no domingo na Etiópia, matando as 157 pessoas a bordo. A companhia tem 121 aeronaves da Boeing, sendo sete do modelo que sofreu o acidente. A decisão acontece depois de China, Indonésia e Etópia suspenderem os voos com esse modelo de aeronave e de a Agência Federal de Aviação, do governo americano, determinar que a Boeing faça modificações no projeto da aeronave.

Os passageiros com viagens previstas nesse tipo de aeronave serão comunicados e reacomodados em voos da empresa ou de outras companhias aéreas, como a Delta Air Lines, uma de suas parceiras. A central de informações da GOL também permanecerá à disposição pelo telefone 0800 704 0465. A empresa informou ainda que continuará operando os destinos internacionais de longo curso com os aviões Boeing 737 NG, sem previsão de cancelamento na malha.

A companhia também relatou que desde o início das operações com o 737 Max 8, em junho de 2018, já realizou 2.933 voos, totalizando mais de 12.700 horas, "com total segurança e eficiência".  Diz ainda: "A GOL reitera a confiança na segurança de suas operações e na Boeing, parceira exclusiva desde o início da companhia em 2001, e esclarece que está acompanhando de forma intensiva todos os fatos, que permitam o retorno das aeronaves às operações regulares da companhia no menor espaço de tempo possível".

Informações do Globo

Compartilhe

Deixe seu comentário