Criador de aplicativo para mototaxistas e passageiros explica inovação disponível em Feira

Wilker Calmon

O mototaxista Robério Brito, junto a uma empresa, criou o  aplicativo "Mototaxi Legal" para o uso da classe e seus passageiros em Feira de Santana. "Esse aplicativo já está em funcionamento há um mês e eu creio que veio para ficar", afirmou ele.

A princípio, o aplicativo encontra-se disponível apenas para plataforma de celular Android. Robério aponta que os profissionais da cidade ainda estão receosos com a novidade, por isso, ainda são apenas cinco cadastrados. "Em 2012 a questão do aplicativo e em todos os seguimentos tinham a ferramenta, menos o nosso. Então eu comecei a me preocupar e procurar alguém que pudesse fazer esse material. Graças a Deus encontrei uma empresa que presta grande suporte e a gente conseguiu colocar o aplicativo em funcionamento", conta sobre a ideia.

O aplicativo funciona com o preço base de R$ 4, mais R$ 0,65 por quilômetro rodado. "O passageiro que anda de mototaxi  vai poder baixar o aplicativo e obter todas as informações do seu percurso - preço, tempo e quilômetro, além do acompanhamento em tempo real do trajeto de chegada do mototaxista, com informações de placa, nome e foto do profissional", explicou.

O pagamento da corrida ainda não pode ser realizado via cartão de crédito, de forma que deve ser paga em dinheiro. 

Cadastro

O mototaxista que quiser fazer parte da ferramenta deve baixar o aplicativo expecífico para o profissional na PlayStore e preencher o cadastro e aguardar a supervisão concluir a solicitação.  

Informações de Fernando Moreira

Compartilhe

Deixe seu comentário