PIOR PARA LULA

Reprodução

Está concluso para julgamento o processo criminal na décima terceira vara federal de Curitiba em que Lula é acusado de receber  vantagem indevida  referente  a um terreno que seria utilizado para construir  um  prédio onde abrigaria o Instituto que  leva o seu nome e um apartamento em um prédio vizinho ao referido terreno.

As alegações finais  do réu (Lula) foram apresentadas no último dia 31 de outubro, estando agora no aguardo  da  prolação da sentença, que será exarada pela juíza substituta do juiz Sergio Moro, a Dra. Gabriela Hardt. 

Se Lula for condenado  nessa ação penal, terá direito de recorrer à segunda instância e se esta mantiver a condenação, provavelmente o ex-presidente suportaria  uma pena aproximada de 10 a 12 anos. Como ele já cumpre pena de 12 anos  pelo Triplex do Guarujá,  deve torcer para a sentença sair imediatamente,  porque a  suposta pena cumularia  com o tempo da que ele está cumprindo,  com diferença  de poucos meses  entre uma e outra.

Quanto mais demorar de sair a sentença, pior para Lula se ele for condenado. A diferença dessa vez é que não será Sergio Moro que julgará e  sim  a Juíza Gabriela Hardt (substituta de Moro).

Compartilhe

Deixe seu comentário