SERIA PRISÃO OU PRAZER?

Reprodução/Le Monde

A preparação para o julgamento de recurso do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva no STJ já começou e uma grande estrutura para acomodar a imprensa está sendo montada. Tudo isso para que uma possível redução da pena seja aplicada a Lula, que foi condenado a 12 anos e um mês de prisão. O que a defesa quer é que o ex-presidente possa ir para a tão sonhada prisão domiciliar, que nada mais é do que descansar e ficar sem fazer nada o dia inteiro. Para uns, prisão, para outros, privilégio. Como diz o nosso caro Fernando Moreira, ‘a minha casa é o melhor lugar onde eu poderia estar’. Mas a pergunta que não quer calar, prisão domiciliar seria uma prisão ou seria um prazer? 

Compartilhe

Comentários