O LUTO DO RADIO É MAIOR

A morte  do radialista e apresentador de T, RIcardo Boechat  foi  mais  uma tragédia  deste início de ano. Não bastasse Brumadinho,  a morte dos meninos do Flamengo, eis  que o país fica  chocado  com a  morte brutal  de Boechat em um acidente de Helicóptero na manhã de  segundaefeira em, São Paulo. O jornalismo brasileiro perdeu  um grande comentarista   politico e  de fatos  gerais. Mas o rádio   talvez  tenha  sido o veículo mais  perdedor com   a morte do comunicador,  porque ele   disse  em  um   uma mesa de debates no último congresso da Associação Brasileira de Radio e Televisão (ABERT) em Brasília, em  outubro  do ano passado, que o rádio era a sua grande paixão  e que ele era fascinado por esse meio  de comunicação de  massa, o qual  considerava  mais importante do que  a televisão. Sendo assim  o radio foi o maior perdedor com  a morte de Boechat e consequentemente  o luto do  radio é maior. 

Compartilhe nas redes sociais

Comentários