PSL retira candidatura de vice de João Henrique

A líder na Bahia do PSL e presidente nacional da representação feminina, concedeu entrevista ao Bom Dia Feira e explica a mudança.

Foto: Luiz Santos

Pré-candidato ao Governo da Bahia, João Henrique (PRTB), terá que escolher um novo vice na chapa. Dayane Pimentel do Partido Social Liberal divulgou que Alberto Pimentel não mais será o vice de candidato. Alberto estaria tendo dificuldades de manter o cronograma oficial do novo compromisso com a da gerência municipal do partido para a eleição de Bolsonaro. 

A líder na Bahia do PSL e presidente nacional da representação feminina, concedeu entrevista ao Bom Dia Feira e explica a mudança. Dayane disse que o Partido Renovador Trabalhista Brasileiro terá a opção de procurar um novo político para suprir Alberto Pimentel. 

“As mudanças estão por ocorrerem até o próximo dia 15, quando a chapa será oficializada junto ao TSE-BA. A alteração desfocou o grupo, visto que Alberto é o coordenador de Jair Bolsonaro na Bahia. A sua saída também foi uma postura sensata de Alberto que ainda é novo no cenário político e pretende a sua própria caminhada”, afirmou. 

Como fica? Segundo o PSL-BA, o partido com sede em Feira de Santana segue o apoio a José Ronaldo com mais uma nova opção ao Governo do Estado. Dayane Pimentel acredita que a “múltipla escolha” é positiva para o grupo por exercer os termos democráticos em prol da população. “O fator determinante nessa Eleição é, sobretudo, a conduta dos candidatos”. 

Polêmica - Após a declaração polêmica do General Mourão sobre o perfil da descendência brasileira, Dayane afirmou que a repercussão da fala não abona a campanha do presidenciável que, segunda ela, a trajetória política do capitão militar é maior do que a fala do general. 

“O que denigre a imagem de um político é o seu histórico. E, se eleito, a palavra de Bolsonaro se sobrepõe a de Mourão”, garantiu.

Informações do repórter Luiz Santos

Compartilhe

Deixe seu comentário