Estatura média para processo seletivo da Guarda será mudada, afirma Pablo Roberto

De acordo com Pablo, a ideia, suscitada pela Secretaria de Prevenção à Violência, será repassada para avaliação dos vereadores na próxima semana.

Depois da repercussão sobre a estatura média para concursantes ao  processo seletivo da Guarda de Feira, Pablo Roberto, disse, que o regulamento interno da cidade que rege o órgão de segurança pública tem a possibilidade de ser mudado, bem como o edital.

Segundo o documento da inscrição, que foi divulgado esta semana a qual já se iniciou, só é possível concorrer no certame pessoas do sexo masculino com estatura superior a 170cm e sexo feminino superior a 165cm.

O regimento interno que define a estatura mínima da Guarda é termo de uma lei municipal. Se a alteração passar pela Câmara, a estatura para ambos os sexos poderá ser reduzida em 10cm cada.

De acordo com Pablo, a ideia, suscitada pela Secretaria de Prevenção à Violência, será repassada para avaliação dos vereadores na próxima semana.

O processo seletivo

A concorrência para o pleito do órgão iniciaram esta semana e vão até o próximo mês. São oferecidas 50 vagas para chamado até 2020; destes, a metade serão convocados a partir do resultado da prova objetiva, a outra metade é dedicada para cotistas. Há ainda mais de 250 vagas para suplentes. O trabalho é de 5 horas por dia e remuneração de R$ 1.081.58

O secretário municipal de Prevenção à Violência identificou que a quantidade de aprovados poderia ser superior a 50, no entanto explicou que o número é condizente com a realidade financeiro da Prefeitura de Feira.

Segundo ele, a Guara tem hoje mais de 150 agentes no efetivo. Porém, uma grande quantidade de agentes não se faz preciso na cidade.

Em relação à remuneração ofertada aos mesmos, Pablo Roberto disse que o salário é levemente superior do que a remuneração do piso da PM, que chega a quase R$ 1.000,00.




Compartilhe

Deixe seu comentário