Mulher presa com mais de 300 Mil Reais em drogas é liberada 24 horas depois

Após a prisão em flagrante e soltura da traficante, investigador da Polícia Civil se diz revoltado com a situação.

Foto: Polícia Civil

A estudante Karolina de Jesus Correia, 31 anos, que foi presa em flagrante na manhã de quarta-feira (04-07-18), no conjunto Feira V, em Feira de Santana, com mais de 300 Mil Reais em drogas, foi liberada em 24 horas durante Audiência de Custodia. Na oportunidade ela foi flagrada com11 tabletes de crack; 14 tabletes de maconha e 01 tablete de cocaína, material avaliado, por estimativa, R$300 Mil.

O advogado Guga Leal, que representa a acusada, contou que ela foi solta por conta da primariedade dela. “Nosso escritório alegou que ela é estudante de faculdade, estava com problemas pessoais com o marido, por causa de pensão alimentícia, tem filhos menores, duas meninas gêmeas de 9 anos, que ela está sempre pr45ocurando emprego, ela não criou nenhum problema quando foi presa. Então, baseando nesses detalhes solicitamos a soltura dela e a justiça acatou”, explicou o advogado.

Revolta

Um investigador da Polícia Civil da Bahia, que não quis ser identificado, entrou em contato com a reportagem do Polícia é Viola, informando que a Polícia Civil, a Polícia Militar estão revoltadas com essas leis frágeis que apenas está favorecendo para o aumento da violência, que essas leis nunca combateu a criminalidade. “As leis quando criadas já mostrou que era frágeis e depois inventaram essa tal de Audiência de Custodia, que está demonstrando que o crime realmente compensa”.

“para se prender um criminoso, gastamos tempo, dinheiro, saúde, nos arriscamos, as vezes levam messes e até anos uma investigação, prendemos o acusado e em menos de 24 horas, vem um juiz e diz que essa pessoa tem que conviver no meio da sociedade de gente do bem. Esse caso, ai é tráfico de drogas, todos sabem, que 70 a 80% dos números de homicídios que acontecem aqui na Bahia e provavelmente no Brasil tem ligação com o tráfico de drogas. Então, porque estão fazendo isso com a sociedade, depois vem cobrar das policias, acho que chegou o momento dos juristas reverem essas solturas de flagranteados por homicídios, tráfico de drogas e assaltos”, finalizou o policial.

O Flagrante 

Na manhã desta quarta-feira (04-07-18), policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Tóxicos Entorpecentes (DTE), sob o comando da delegada Klaudine Passos, prenderam a traficante Karolina de Jesus Correia, 31 anos. Ela foi flagrada com drogas avaliadas em mais de 300 Mil Reais.

Segundo a polícia, Karolina já estava sendo investigada e na manhã, policiais flagraram a mesma no interior de uma residência, localizada na Rua D, Caminho 30, no Conjunto Feira V, em Feira de Santana, com 11 tabletes de crack; 14 tabletes de maconha e 01 tablete de cocaína, material avaliado, por estimativa, R$300 Mil.

Compartilhe

Deixe seu comentário