Um traficante morre e outro é preso após trocar tiros com a polícia na Queimadinha

Com a dupla os policiais apreenderam: pistola, carregador, munições, revólver, pedras de crack, celular, dinheiro, balança e diversos sacos para armazenamento.

Foto: Rondesp Leste

No final da manhã de terça-feira (12-06-18), por volta de 11h40, o traficante identificado como Tayrone Oliveira da Silva, 23 anos morreu e o comparsa Erenildo dos Santos, vulgo "Barriga", 19 anos foi preso após trocar tiros com policiais da Rondesp, na Rua Espírito Santo, no bairro Queimadinha, em Feira de Santana.

Segundo a polícia, durante realização de radiopatrulhamento tático no bairro Queimadinha, mais precisamente na Rua Espírito Santo, as Guarnições da Rondesp 02, 03, 04 e 05, contando com o apoio da SOInt da Unidade, sob o Comando do Major PM Átila - Cmt da OPM, receberam informações de que 2(dois) indivíduos estariam na prática de tráfico de drogas e portando arma  de fogo em frente a um imóvel no local citado a cima.

Ainda de acordo com a polícia, empreendidas diligências, quando os suspeitos foram avistados e empreenderam fuga com a aproximação dos policiais militares por um beco para o interior de uma edificação. Um dos indivíduos, identificado como Erenildo dos Santos,  acessou o pavimento superior da residência, pulou o muro, tendo sido capturado em um imóvel abandonado de posse de uma pistola, marca Taurus, calibre .380 e farta quantidade de droga.

“Já o outro elemento, identificado como Tayrone Oliveira, adentrou o pavimento térreo do imóvel com um revólver em punho e passou a efetuar disparos de arma de fogo contra os policiais presentes, os quais, sem outra alternativa, revidaram à injusta agressão e atingiram o resistente. Foi prestado o imediato socorro para  o Hospital Geral Clérinston Andrade, onde foi constatado o óbito”, explicou o Major Atila.

Com a dupla os policiais apreenderam:  01 pistola PT 938, calibre .380, n° KL178042 com sinais de adulteração; 01 carregador de pistola modelo PT 938; 03 munições intactas de calibre .380;
01 revólver Rossi, calibre .38, n° 982896; 05(cinco) munições calibre .38, das quais - 03(três) deflagradas e 02(duas) intactas; 04(quatro) munições calibre restrito .40; 03(três) pedras grandes de crack; 16(dezesseis) pedras médias de crack; 17(dezessete) papelotes de crack; 75(setenta e cinco) pedrinhas de crack prontas para comercialização; 01 celular Samsung preto; R$ 159,00(cento e cinquenta e nove reais) em espécie; 01 balança de precisão; além de diversos sacos para armazenamento de droga.

Atila contou ainda que, “Erenildo dos Santos, juntamente com a pistola .380 e a droga, foi apresentado na Central de Flagrantes ao DPC Laurindo Teixeira sob o registro nº 2103/18 e a morte de Tayrone Oliveira da Silva em decorrência de oposição à intervenção policial foi registrada na Delegacia de Homicídios pelo DPC Luis Osório de Melo”, finalizou o Major.

 

Compartilhe

Deixe seu comentário