Senadora Lidice da Mata diz que será candidata a reeleição com ou sem chapa de Rui Costa

Senadora fala também de Lula e Zé Neto.

Foto: Marcelo Fernandes

A menos que o Partido dos Trabalhadores (PT) atenda aos pedidos de sua filiada Lidice da Mata, aderindo-a na chapa majoritária que concorrerá ao governo do Estado, na condição de candidata à reeleição ao Senado, a Bahia poderá assistir em outubro, Lidice candidata avulsa no pleito eleitoral.

Com efeito de uma possível preferência do PT no presidente da assembleia legislativa, Ângelo Coronel, a atual senadora pretende assegurar o posto em uma candidatura à parte. Das duas cadeiras pleiteadas pelo partido, apenas a do ex-governador Jacques Wagner foi confirmada pela sigla.

Lidice da Mata sustenta o seu discurso na defesa da pluralidade da chapa com a incorporação do maior número de partidos e da figura feminina no atual momento político brasileiro, e levanta as bandeiras contra as desigualdades raciais e de gênero.

“A mulher brasileira deve estar representada nos espaços de poder e no parlamento, e a minha presença na chapa significa o engajamento desta bandeira”, disse.

Apesar das propostas da senadora, ela deixa o Partido dos Trabalhadores à cargo da decisão para as Eleições de outubro. “É uma decisão que não cabe a mim, mas a chapa”.

Lula

Segundo Lidice, a estratégia da composição partidária nacional é assumir uma postura de esquerda. E, dentre os nomes mais suscitados para a corrida presidencial, Lula é o mais aceito. A pré-candidatura do ex-presidente foi lançada na última sexta-feira (8).

Zé Neto

“Batalhador e destemido, Zé Neto tem demonstrado um grande potencial de pensar a Bahia e tem projeto em relação ao estado. Portanto, a sua presença no âmbito federal representa bem a luta democrática para Feira de Santana”, disse Lidice sobre o deputado estadual.

 

Compartilhe

Deixe seu comentário