Touro do Sertão fica pelo caminho na série D

A missão do Touro era complicada, afinal precisava tirar dois gols de diferença para levar a decisão até a marca da cal, a famosa “loteria” dos pênaltis. Para avançar direto à oitavas de final, o Flu precisava vencer por 3 ou mais gols de diferença. Na série D não existe o gol qualificado fora de casa. Mas o time não conseguiu cumprir o combinado e empatou a partida em 1 a 1.

Quem saiu na frente foram os donos da casa aos 38 minutos da primeira etapa. Everlan, após troca de passes, Vitor Salvador foi ao fundo, cruzou e o meia motense botou para dentro, dando um banho de água fria na equipe do Fluminense de Feira.

O Touro chegou ao empate na segunda etapa, com Jaílson de pênalti. O meia bateu no canto esquerdo e o goleiro Rodrigo caiu na direita.

Aos 38 da segunda etapa veio o repeteco. O Motoclub pulou na frente com gol de Val Barreto e garantiu a classificação para as oitavas de final.

Aos 41, Ricardo Maranhão! Após trocas de passes do Moto, que tentava atacar com Val Barreto. Defesa afastou mal e Ricardo Maranhão manda bomba pro fundo do gol. 3 a 1 Motoclub.

Fonte: resenhanarede

Compartilhe

Deixe seu comentário