Embasa combate desvios de água no bairro Feira X

Com caça às fraudes e troca de hidrômetros, Embasa pretende reduzir perdas de água no bairro.

Foto: Embasa

A Embasa está intensificando, no âmbito do Programa Com Água, os trabalhos para redução de perdas de água no bairro Feira X, com ações que incluem a identificação de casos de furto de água e a renovação do parque de hidrômetros. Desde março, a empresa vem trabalhando diariamente na pesquisa de fraudes de consumo de água em imóveis do bairro. Até o momento, foram identificados 106 casos suspeitos, sendo que 97 fraudes foram confirmadas e retiradas pelos técnicos. As ocorrências resultaram no desvio de aproximadamente 35 mil litros de água por mês. As situações mais encontradas foram as de violação de hidrômetros (72%) e ligações clandestinas e desvios (28%), os famosos “gatos”. As ações contam com o apoio das polícias militar e civil.


“quem frauda promove o desperdício e prejudica toda a comunidade", destaca a supervisora comercial da Embasa, Celiane Silva. “Nosso objetivo, com essas operações, é retirar a fraude e oferecer condições para a regularização. Alguns consumidores têm se mostrado favoráveis a quitar seus débitos e legalizar sua ligação de água”, relata. A Embasa mantém um posto de atendimento provisório na Associação de Moradores do Feira X para facilitar a regularização.


Substituição de hidrômetros – Outra linha de ação é a troca de hidrômetros mais antigos, para corrigir falhas de medição. Foram feitas 3.050 substituições por aparelhos mais novos no bairro, que estão medindo com maior precisão o consumo de água.


Mais ações – Além da troca de hidrômetros e combate às ligações clandestinas, o projeto vem investindo na redução das perdas reais de água, com a instalação de equipamentos e válvulas redutoras de pressão e pesquisa ativa de vazamentos, entre outras ações operacionais.


Com o apoio técnico do Ministério das Cidades, por meio do Programa de Desenvolvimento do Setor Água (Interáguas), o projeto Com Água envolve ações operacionais, comerciais e de mobilização social para gerenciamento de perdas no sistema de abastecimento. 

Compartilhe

Deixe seu comentário