Estreia de Segundo Sol é marcada por festa no estacionamento do shopping Boulevard

Dezenas de pessoas participaram do lançamento. A festa foi realizada na área externa do shopping, promovida pela TV Subaé e dirigida pelo setor de marketing.

Foto: Marcelo Fernandes

A gerente de marketing da TV Subaé (afiliada Rede Bahia), Cristiane Macario, fala do lançamento da novela e do desligamento do sinal analógico da Tv. Além de Feira de Santana, a TV Bahia em Salvador e a TV Oeste em Barreiras, também realizaram eventos para a exibição do 1º capítulo oficial da trama, na noite de ontem (14).

“A Rede Globo, tem a Bahia como cenário para o tema do ‘Axé’. Por isto, a apresentação da banda Negra Cor. Além disso, o evento é oportuno para alertar a população do desligamento do canal analógico no dia 5 de dezembro, as pessoas já precisam se preparar para a era digital”.

Foi no estacionamento do estabelecimento comercial que aconteceu a exibição da nova novela das 21h do ‘plim plim’. A festa contou com o grupo Negra Cor, através das músicas que marcaram o gênero. Na oportunidade, a Macario aproveitou para anunciar o projeto ‘Festa do Interior 2018’ – evento junino que percorre os municípios baianos em celebração às comemorações de São João.

“A ideia é aproximar o telespectador junto a TV, assim como acontece com a consolidada Festa do Interior que será aberta logo no início de junho, disse a gerente.

Ela foi uma das dezenas de pessoas que participaram da lançamento. A festa Segundo Sol na área externa do shopping, promovida pela TV Subaé e dirigida por Cristiane, teve show de Negra Cor. Tudo para celebrar os tempos áureos do axé music, que é o principal enredo da dramaturgia.

O vocalista Adelmo Casé é um dos artistas locais revelados pela Globo que encenou na trama das nove. Ele conta da experiência que foi proporcionada à ele de atuar e diz que tem um carinho especial por Feira, em especial, a Micareta da cidade.

“É um motivo de alegria estar nessa cidade, porque a história desse grupo se confunde com Feira, foi aqui que nós nos consideramos profissionais de verdade quando tocamos no carnaval fora de época do município pela primeira vez. Então, estou muito grato com toda essa recepção dos feirenses. Foi aqui que a canção ‘Só Vou Fazer Amor’ estourou em 2007, com uma força enorme cantada na rua”, lembrou o artista, agradecendo o apoio dos fãs:

“Os hinos nunca saem de moda. Além disso, a produção cultural da Bahia nunca para. E, apesar da crise, a música no estado é pulsante em todos os estilos. Muito feliz e grato por tudo isso. Axé!”

 

Compartilhe

Deixe seu comentário