PRF REGISTRA REDUÇÃO DE ACIDENTES NO FERIADO DO DIA DO TRABALHADOR NA BAHIA

PRF faz balanço dos índices de criminalidade e educação no trânsito.

PRF

A Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal na Bahia (SPRF/BA) concluiu às a Operação do Dia Mundial do Trabalhador, que promoveu um incremento na fiscalização das rodovias federais que cortam o estado.

O emprego dos recursos humanos e materiais em pontos estratégicos resultou em um crescimento considerável nos indicadores de esforços nos dias de Operação. Do total de 7.317 veículos fiscalizados, 7.287 pessoas foram abordadas e fiscalizadas, sendo extraídas um total de 5.382 autuações, destacando-se 560 por ultrapassagens proibidas, além de 4.531 imagens de radar capturadas por veículos com excesso de velocidade.

Apesar de todo o trabalho educativo, a PRF ainda flagrou e autuou diversos condutores agindo com imprudência, sendo constatado um crescimento nas infrações de excesso de velocidade, alcoolemia e no transporte de crianças sem cadeirinha, bebê conforto ou assento de elevação.

O período de análise compreende os quatro dias entre 27/04 e 01/05/2018 e a comparação é feita com os quatro dias entre 28/4 e 01/05/2017.

A infração de excesso de velocidade foi a que apresentou maior crescimento. Em 2017, 1.744 condutores receberam notificações em razão desta infração, enquanto em 2018 foram 4.531, aumento de 160%.

CRIMINALIDADE

Paralelamente à fiscalização de trânsito, a PRF desenvolveu o combate à criminalidade, inibindo ações delituosas contra os usuários das rodovias. Em todo o estado, os policiais prenderam 32 pessoas por crimes diversos e recuperam 5 veículos adulterados, o que representou um aumento de 400% em relação a 2017.

EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO

Associada ao trabalho de fiscalização, a PRF dedicou uma parcela dos policiais envolvidos na operação para a educação para o trânsito. Com o auxílio do ônibus multimissão, os policias apresentaram aos condutores que eram submetidos à fiscalização vídeos educativos de curta duração com orientações sobre a importância da adoção de uma postura defensiva no trânsito. A quantidade de pessoas sensibilizadas por essas ações saiu de 2.277 em 2017 para 7.888 neste ano, 246% a mais em relação ao ano passado.

Os acidentes fatais foram do tipo colisão traseira, colisão transversal, atropelamento de pedestre, atropelamento de animal e colisão frontal.

Compartilhe

Deixe seu comentário