Pró-reitor da Ufba é preso acusado de agredir agente da Transalvador em blitz

Além da agressão, o professor ainda se recusou a apresentar a CNH e a realizar teste do bafômetro.

Foto: GOV Bahia

O professor adjunto e pró-reitor de Pesquisa da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Marcelo Embiruçu de Souza foi preso em flagrante na madrugada deste domingo (11) depois de agredir um agente da Transalvador durante blitz da Lei Seca realizada no bairro da Pituba. Além da agressão, o professor ainda se recusou a apresentar a CNH e a realizar teste do bafômetro.

“Este tipo de agressão a um funcionário público no exercício de suas funções é inaceitável. Nossa equipe jurídica tomou as providências cabíveis no momento, e agora o agressor deverá responder na justiça pelos seus atos”, disse o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller.

Somente no último sábado (10), 328 condutores foram abordados pelas blitze da Lei Seca realizadas em diversos pontos da capital baiana. Destes, 58 foram autuados por ingestão de bebida alcoólica e 33 por infrações diversas.

Foram recolhidas 51 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 11 veículos foram removidos ao pátio da autarquia. Em todo o Carnaval, 1.470 abordagens já ocorreram com 350 autuações e 197 CNHs recolhidas.

Compartilhe

Deixe seu comentário