2,7 mil PMs do interior baiano reforçam segurança em Salvador

Para combater a tensão e relaxar o efetivo que está no circuito, diversas atividades são realizadas

Foto: Reprodução

Cerca de 2.780 policiais do interior baiano vieram reforçar o policiamento no Carnaval de Salvador, estando alojados em nove bases. Para combater a tensão e relaxar o efetivo que está no circuito, diversas atividades são realizadas, com o objetivo de manter a mente e corpo em equilibro durante o trabalho. De acordo Major André Luís Presa, a tropa é acolhida quando chega às unidades, sendo acompanhada até o fim do evento.

“A Policia Militar procura ajustar a rotina do profissional que não está em sua casa com boas acomodações, entretenimento e lazer. Oferecemos toda uma estrutura para melhorar a qualidade de vida, com massoterapia, ginástica, jogos, musculação e atividades lúdicas e artísticas. Nosso objetivo central é motivar e oferecer o bem estar ao profissional que está fora de casa”, afirma o major.

Para o cabo Josemar Ferreira as atividades são ótimas ferramentas para vencer o cansaço e a saudade de casa. “Como estamos chegando do interior, ficamos com o sentimento de ausência dos nossos entes queridos, mas com essa receptividade e todas as atividades propostas, temos um recurso para lidar com a distância e saudade. A ação nos ajuda a manter a mente em ordem, focada no trabalho”. O soldado Augusto da Silva observa o momento como uma oportunidade para descontrair e relaxar o corpo. “Os exercidos e lazer ajudam em manter a mente sadia, vamos para o circuito tranquilos, desta forma enfrentamos o serviço com mais facilidade”.

Compartilhe

Deixe seu comentário