Mais de 1,8 mil profissionais da segurança pública vão atuar na Lavagem do Bonfim

Tradicional festa religiosa ocorre na quinta-feira (11). Do total de agentes atuando no evento, 1,6 mil são PMs.

Elias Dantas/Ag. Haack

Mais de 1,8 mil profissionais da segurança pública vão atuar na tradicional Lavagem do Bonfim, que acontece na quinta-feira (9), em Salvador. Os agentes serão distribuídos entre a Conceição da Praia e a Colina Sagrada.

O policiamento ostensivo realizado pela Polícia Militar contará com 25 postos elevados de observação, além de oito bases móveis de segurança. No acompanhamento da procissão, como todos os anos, será utilizada a maior parte do efetivo. No total, mais de 1.600 PMs vão trabalhar no evento.

Pela Polícia Militar, participam do trabalho na Lavagem do Bonfim as 16ª, 17ª, 18ª, 19ª, 37ª, 2ª Companhias Independentes, os batalhões do Centro Histórico (18º), de Choque, Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe), Especializado de Polícia Turística (Beptur) e de Policiamento Rodoviário (BPRv), os esquadrões Águia e de Polícia Montada, as Operações Gêmeos e Apolo, além da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Polo Industrial.

Já a Polícia Civil disponibiliza três Delegacias Especiais de Área - montadas na Conceição da Praia e nas partes baixa e alta da Colina Sagrada – para facilitar o registro de possíveis ocorrências no trajeto. Também haverá reforço de investigadores, escrivães e delegados na 3ª Delegacia Territorial (Bonfim), totalizando quatro unidades policiais e 57 profissionais a mais disponíveis para atendimento à população.

O Corpo de Bombeiros Militar participa da festa com 127 profissionais, divididos em equipes de prevenção e combate a incêndios, salvamento aquático e atendimento pré-hospitalar. Uma embarcação também estará disponível para realizar os atendimentos de emergência durante o evento.

Comentários