Arembepe desde 1968 fomentando encontros e cultura

Comemorações dos 50 anos de Arembepe já começaram

(Foto: Getty Images/Divulgação)

Em 2018 será comemorado os 50 anos de Arembepe e sua Aldeia Hippie paraiso da contra cultura.

Com a foto de Mick Jagger numa varanda com a sua namorada nos anos de 1968 numa foto, este é o primeiro registro deste conhecido paraíso de contra cultura.

O movimento Hippie teve seu inicio nos anos 40 nos EUA após o fim da II guerra Mundial. Veio 30 anos após 30 a I e II guerras, depois do período de depressão econômica. Começou a se estabelecer  a época do Paz e Amor

Aqui na Bahia, no município de Camaçari, entre a praia e as dunas, numa aldeia de pescadores, Arembepe o  paraíso perdido.

Aqui chegaram a partir do ano de 1968, artistas e pensadores  Jack Nicholson, Roman Polanski, Denis Hopper , Janis Joplin.

Arembepe é a casa dos Novos Baianos, de lá nasce todo um movimento musical baiano e logo que o grupo vai para o Rio em 1970, o grupo grava o disco que revolucionou o movimento musical com o disco ACABOU CHORARE.

Temos que relembrar  sempre todo este movimento Hippie em Arembepe

Para a comemoração foi lançado o livro intitulado “Anos 70 Bahia”, de Sérgio Siqueira e Luiz Afonso que retrata com leveza  inúmeras histórias de Arembepe.

As comemorações começaram este final de semana , no dia 02 e 03 com poesia e música mas terá muito mais no decorrer do próximo ano.

Aproveitem o verão e visitem Arembepe!

 

 

Comentários