Campanha Dezembro Vermelho alerta contra vírus da AIDS

Com uma programação de controle da doença, a Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana está realizando ações nas policlínicas, e CSE’s (Centro de Saúde Especializado) da cidade, fazendo os testes com todos os usuários que comparecerem a esses loca

Reprodução

Dezembro é o mês de combate AIDS, por este motivo, começa hoje (1), a campanha Dezembro Vermelho que se estenderá durante todo o último mês de 2017. Com uma programação de controle da doença, a Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana está realizando ações nas policlínicas, e CSE’s (Centro de Saúde Especializado) da cidade, fazendo os testes com todos os usuários que comparecerem a esses locais.

Em entrevista ao Bom Dia Feira, Denise Mascarenhas, Secretária de Saúde, explica que até o dia 30 de dezembro palestras serão realizadas em todas as unidades de saúde do município. “Hoje pela manhã, fizemos a abertura do 2º Congresso de IST, HIV, AIDS em parceria com uma faculdade da cidade e a SMS, onde haverá um dia todo de discursões, de inovações e novos métodos do controle da doença”, explica.

“A coordenação de DST tem todos os dados da quantidade de pessoas infectadas pelo vírus da AIDS em Feira de Santana, sendo divididos por sexo e orientação sexual. Observamos que o número de homens infectados é o maior, embora o número de mulheres com AIDS esteja quase na mesma quantidade. Sabemos que hoje as pessoas têm mais acesso a informação e ela tendo mais oportunidade de conhecer sobre a doença, ela busca mais os serviços e assim, conseguimos notificar o que antes era subnotificado”, ressalta.

Segundo Denise Mascarenhas, a faixa etária que maior possui o vírus é a mesma faixa etária de maior movimentação sexual, que varia entre 20 a 40 anos. O que não implica também o crescimento do vírus em pessoas de até 60 anos. É importante que todos busquem fazer os testes rápidos e exames disponíveis do SUS, a secretaria de saúde, afirma que as vezes o vírus pode está do sistema sanguíneo e não se manifestar, por isso é importante a campanha de conscientização Novembro Vermelho.

Comentários