Maratona Fenatifs tem mais de 10 atividades nesta sexta em Feira de Santana

Grupo com grande trajetória internacional e respeitado pesquisador pernambucano estão na programação

Nada mais, nada menos que onze atividades, entre apresentações de espetáculos, oficinas, debates e roda de conversa sobre a memória do teatro marcam o sexto dia oficial do Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana (Fenatifs) 2017.

A primeira atração desta sexta-feira (6) será a montagem “Circo Poeira”, a partir das 9 horas, no Teatro Margarida. Espetáculo que mistura as linguagens de Circo, Teatro e Boneco, conta a história de um circo através das recordações de um “Velho Mestre”.

Em 12 anos de história, o grupo Circo Poeira (SP), tem uma respeitável trajetória internacional, com apresentações na Tunísia, Venezuela, Colômbia, Alemanha, Canadá e Croácia, entre outros países.

Às 9h30, duas apresentações: “Sancho Pança”, com a Tropa Trupe (RN), no Teatro Amélio Amorim e “Raul, Lira e o Incrível Livro da Capa Azul”, encenado pela companhia CazAzul Teatro Escola, de Vitória da Conquista (BA), no Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca).

A atriz e arte-educadora Neide Kocca leva o espetáculo “Férias na Casa da Vovó” ao bairro do Tomba, no Sesc, em duas sessões, às 10 e 15 horas. A programação matutina será concluída com a companhia Dona Zefinha (CE) e a montagem “Chafurdo”, no Educandário Imaculado Coração de Maria, em Amélia Rodrigues, também às 10 horas. 

Oficinas com catarinenses e paulistas

Das 14 às 17horas, a Turma do Papum (SC) realiza a oficina “Criação de Bonecos em Látex”, no Cuca. Para participar é necessário ter mais que 15 anos e levar 1 kg de alimento não perecível. Entre 14h30 e 17h30, no Amélio Amorim, o grupo Circo Poeira oferece a oficinade socialização através da arte com utilização de materiais recicláveis.

Na tarde da sexta-feira, mais duas encenações estão previstas. “Na Granja”, com o Amarelo Cia de Teatro (SP), no Teatro do Cuca, às 14h30 e um pouco mais tarde, às 15h30, a Tropa Trupe apresenta mais uma vez “Sancho Pança”, também no Cuca, só que no Teatro de Arena. O Fala Fenatifs, às 15h30, debate o espetáculo “Na Granja”.

Roda de Conversa com Leidson Ferraz

O terceiro turno da maratona Fenatifs será pontuado pela Roda de Conversa “Registro da Memória do Teatro”, às 19h30, no Teatro do Cuca, com o jornalista, professor e pesquisador pernambucano Leidson Ferraz.

Ele é organizador e editor da coleção de livros Memórias da Cena Pernambucana. Ferraz escreveu os livros Panorama do Teatro Para Crianças em Pernambuco (2000-2010), Teatro Para Crianças no Recife: 60 Anos de História no Século XX (Volume 01) e a pesquisa Um Teatro Quase Esquecido – Painel das Décadas de 1930 e 1940 no Recife.

Da Redação com Assessoria / Fenatifs  

Comentários