Bom Dia Agora por Dilson Barbosa

Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram
Dólar R$ 3,146
Euro R$ 3,701
19 de agosto de 2017
TODAS AS NOTÍCIAS ›

Saúde
Anvisa proíbe venda de paçoca após encontrar substância cancerígena em produtos

17/05/17 às 15:35
Agência detectou teores de aflatoxinas acima do limite máximo tolerado em vários alimentos
Aumentar Fonte Diminuir Fonte
Anvisa proíbe venda de paçoca após encontrar substância cancerígena em produtos
Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, nesta quarta-feira (17), a interdição de oito lotes de paçoca (doce de amendoim) da marca Dicel. Segundo a análise de uma auditoria interna, o lote do alimento, distribuído pela Indústria e Logística Wethonklauss Constante Ltda, excedeu o limite do teor de aflatoxinas, espécies de micotoxinas encontradas em alimentos. 

De acordo com relatório do Laboratório de Análise Micotoxicológicas (Lamic), em Santa Maria (RS), foi detectado teores da substância acima do limite máximo tolerado permitidos para amendoim com casca, descascado, cru ou tostado, pasta de amendoim ou manteiga de amendoim. 

As substâncias aflatoxinas são tóxicas e carcinogênicas e, por isso, produtos fora da especificação não podem ser consumidos pela população. As paçocas dos lotes 0042, 0029, 0040, 0026, 0023, 0027, 0092 e 0024 estão proibidas de serem comercializados e os que estiverem à venda devem ser recolhidos.

Da redação com informações do Correio da Bahia

Tempero do Baiano

Comentários

Leia Mais

TVAgora

Feira do Livro 10 anos: Rita Brêda

mais vídeos ›