Vereadora Ana Rita Tavares faz acusações bombásticas sobre os irmãos Moraes

Vereadora apontou que familiares do deputado são nomeados do seu gabinete na Assembleia Legislativa da Bahia

A vereadora Ana Rita Tavares (PMB) fez acusações sérias contra os irmãos Moraes e quer levar o caso para a Justiça. De acordo com a vereadora, a sogra do deputado estadual Marcell Moraes (PV), Ana Rita Rebouças Santos Fiuza, seria contratada do gabinete do parlamentar. Ana Rita Fiuza é mãe de Maria Carolina Rebouças Santos Fiúza, esposa do deputado.

Além disso, Ana Rita Tavares mostrou à reportagem do VN que Lucas Carvalho de Matos, primo de Marcell, seria assessor jurídico do Gabinete do deputado, nomeado pelo parlamentar. “Juliana Rebouças Santos Fiuza, irmã de Maria Carolina, com quem Marcell tem uma união estável, foi nomeada assessora também”, disse Ana Rita. “João Ricardo Carvalho Furtado, outro primo do deputado, é assessor parlamentar da Câmara e da Assembleia Legislativa”, completou Ana Rita.

“Ainda tem Alysson Carvalho de Matos, irmão de Lucas, que também foi nomeado na Assembleia”, prossegue Ana Rita. No site da Assembleia constam todas as nomeações. “Gustavo Lopes Moraes de Oliveira, primo de Marcell, está trabalhando também no gabinete do deputado”, segue Ana Rita Tavares.

Ao VN, a edil disse que irá pedir investigação do Ministério Público Federal sobre as acusações: “É uma ilegalidade flagrante. Veja que a questão da sogra trabalhar no gabinete do genro é ato de improbidade administrativa. Essa quantidade de primos trabalhando no gabinete dele tem que ser investigada pelo Ministério Público, porque isso é quebra do princípio de impessoalidade que está na Constituição Federal. Além disso eu acho que as pessoas que assistem a isso ficam… Causa repulsa”, disse.

As fotos abaixo foram passadas pela vereadora Ana Rita Tavares ao VN e tratam-se das nomeações na Assembleia de primos e sogra de Marcell.

Foto: Reprodução / Al-BA

Foto: Reprodução / Al-BA

Foto: Reprodução / Al-BA

Em contato com o VN, o deputado Marcell Moraes (PV) limitou-se a dizer que não dá entrevistas ao Varela Notícias. “Apenas na Justiça”, completou.

Comentários