"GENERAL"

Presidente da Assembleia defende Coelba estatizada, mas ideia não deve ganhar força

Foto: Divulgação

O presidente da Assembléia Legislativa da Bahia, o deputado Ângelo Coronel proferiu um discurso inflamado propugnando a volta da Coelba ao comando do governo baiano, sob alegação de que a companhia distribuidora de energia elétrica no estado não estaria atendendo as reais necessidades do povo baiano. Como se sabe a Coelba era empresa pública que foi privatizada.

A ideia da suposta volta ao comando do Estado certamente não ganhará força, porque as empresas públicas hoje tem servido mais de cabide de empregos, de instrumento de manobra política e de corrupção do que propriamente dito para servir a população. É melhor Coronel desistir da ideia.

A volta da Coelba para o setor público parece ser uma tarefa difícil para o presidente da Assembleia Legislativa, a não ser que ele seja promovido a "general".

Compartilhe nas redes sociais

Comentários