Barbie? Eu?

Google


Quando era menina brincava de Barbie, não era Barbie era a sua precursora a Sussi, ganhei a minha primeira Sussi quando tinha uns 6 anos. As Susi/Barbies eram o modelo de mulher americana, branca, olhos azuis, cabelo louro, a minha já era uma primeira variação ela era morena de cabelo louro e olhos verdes, digamos um modelo mais latino, ganhei no Natal. Eu a amava, ela se juntou a outras tantas que minhas irmã e primas já tinham.

L√° se v√£o uns 45 anos!

A Barbie lan√ßou esta semana uns modelos inspirados em Frida Kahlo (artista), Katharine Johnson ( f√≠sica e cientista), e Am√©lia Eartht ( aviadora). Eu vejo nestes 45 anos que vivi uma emancipa√ß√£o que nem nas previs√Ķes mais otimistas das minhas m√£es e tias prafentex acreditaria poss√≠vel. Vi nestes anos atos de ousadia da sociedade; desquite, div√≥rcio, anticoncepcionais,vasectomias. Vi mulheres presidentas, mulheres vaqueiras, engenheiras, pol√≠ticas.

Lideres, cuidadoras guerreiras e protetoras sempre fomos.

Qual o significado destes novos modelos de Barbies? Elas retratam uma nova mulher, não mais aquela que cuidava, do marido, filhos, dos avós da casa. Elas agoram retratam e trazem nas suas caixas biografias de mulheres que saíram do que era esperado, romperam as barreiras e estão mudando o mundo.Mulheres reais que não se submetaram aos modelos tradicionais, reivindicamos uma nova condição. Estudamos mais, trabalhamos mais e realizamos nossos sonhos. Estamos longe da meta, temos ainda de salvar as amigas que ainda não tem voz, eu sei o caminho não é fácil, mas sei que vamos chegar lá.

Seremos todas Barbies? Não as Barbies é que serão como nós!


Compartilhe nas redes sociais

Coment√°rios