CONTARÁ ATÉ 100

Viajar ao Rio de Janeiro para turismo é uma prática que deve ser repensada

Foto: ESPN

Quando o ministro da Defesa  Raul Jungmann disse que a segurança pública no país está falida, poderia ter concluído que a segurança publica no Rio Janeiro não está nem falida, ela nunca existiu.

Uma vergonha o clima de assaltos, mortes, arrastões em todos os pontos do Rio de Janeiro, principalmente na zona sul onde tem o maior fluxo de turistas nacionais e internacionais.

Quem viaja ao Rio de Janeiro a negócios não tem alternativa senão enfrentar o risco, mas quem viaja a turismo provavelmente contará até 100 antes de decidir pela visita à ex-cidade maravilhosa.


Compartilhe nas redes sociais

Comentários