TRISTE ESTATÍSTICA

Brasil continua liderando casos de violência contra travestis e transexuais

Infelizmente, o Brasil continua ocupando a liderança mundial quando o assunto é violência contra travestis e transexuais. Em 2017, de acordo com dados da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), foram 179 mortes registradas.

Minas Gerais é o estado com maior índice de crimes, com 20 ocorrências. A Bahia ocupa a segunda colocação neste ranking macabro com 17 mortes e São Paulo, em terceiro lugar, teve 16 assassinados confirmados.

 Se compararmos nossa realidade com outros países, a posição do Brasil é ainda mais alarmante. O México, segundo colocado ano passado, no número de assassinatos por transfobia, teve 56 casos e os Estados Unidos, 25. 


No dia a dia, nas situações mais diversas, percebemos como a intolerância, o preconceito e o desrespeito ainda estão presentes. Em comentários, piadinhas idiotas, críticas contra veículos de comunicação que abrem espaço para o combate à homofobia, entre outros casos.

Elsimar Pondé

Compartilhe nas redes sociais

Comentários